Jornal Diário Jornal das 13

Exportações chinesas subiram 9% e importações 19,5% em setembro

| Economia
Porto Canal com Lusa

Pequim, 13 out (Lusa) - As exportações chinesas aumentaram 9%, em setembro, face ao mesmo mês do ano passado, enquanto as importações subiram 19,5%, segundo dados publicados hoje pelo Gabinete Nacional de Estatísticas (GNE) chinês.

No mesmo mês, o superavit da segunda maior economia mundial ascendeu a 193.000 milhões de yuan (24.700 milhões de euros), uma queda homologa de 28%.

Os analistas justificam o aumento das exportações chinesas pela recuperação económica nos principais parceiros comerciais do país, como a União Europeia e os Estados Unidos.

No conjunto dos primeiros nove meses do ano, as exportações registaram uma subida homologa de 12,4%, enquanto as importações cresceram 22,3%, segundo os dados do GNE.

Entre janeiro e setembro, as vendas da China ao exterior ascenderam a 11,16 biliões de yuan (1,43 biliões de euros), e as importações a 9,13 biliões de yuan (1,17 biliões de euros).

No mesmo período, o superavit comercial fixou-se em 2,03 biliões de yuan (260.000 milhões de euros), uma queda homologa de 17,7%.

JOYP // FV.

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Portugal é dos países que mais recebe de Bruxelas com quase cinco mil ME de fundos em três anos

Portugal recebeu, nos últimos três anos, quase cinco mil milhões de euros da Comissão Europeia, ocupando o terceiro lugar entre os Estados-membros que mais fundos comunitários receberam, segundo dados divulgados por Bruxelas.

EasyJet vai contestar indemnizações por falta de combustível em Lisboa

A companhia aérea easyJet afirmou hoje que vai contestar as indemnizações que foi obrigada a pagar devido às perturbações pela falha no abastecimento de combustível no aeroporto de Lisboa, tentando "recuperar esses valores" junto das petrolíferas.

Ryanair prevê cancelar até 300 voos diários devido a greve na próxima semana

A companhia aérea Ryanair indicou hoje que prevê cancelar até 300 voos diários na próxima quarta e quinta-feira (dias 25 e 26) devido a perturbações provocadas pela greve de tripulantes de cabine em Portugal, Espanha e Bélgica.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.