Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Parte dos manifestantes de forças de segurança saiem do Ministério das Finanças para a AR

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 12 out (Lusa) - Uma parte dos manifestantes de forças de segurança que hoje estão concentrados junto do Ministério das Finanças, em Lisboa, começou a retirar-se do local cerca das 20:15 e a dirigir-se para a Assembleia da República.

Uma parte do forte dispositivo policial instalado na praça do Comércio, junto do Ministério das Finanças, bem como da Justiça e Administração interna, acompanhava os manifestantes no percurso até ao parlamento.

Na praça do Comércio permaneciam centenas de participantes na manifestação e também do dispositivo de segurança, que incluía membros do Corpo de Intervenção e veículos da Unidade Especial de Polícia.

Até àquela hora, os manifestantes ainda não tinham sido atendidos na exigência de serem recebidos pelo ministro das Finanças, a quem pretendem entregar uma carta reivindicativa de descongelamento das carreiras.

O protesto conta também com a participação de outros sindicatos da PSP e da GNR que não fazem parte da CCP.

A manifestação iniciou-se cerca das 18:30 no Marquês de Pombal e inclui elementos da PSP, GNR, SEF, ASAE, Polícia Marítima e guarda prisional.

FP/CMP/HB // ARA

Lusa/Fim

+ notícias: País

Farmacêuticos antecipam rutura histórica nos hospitais e pedem adiamento das 35 horas

A Ordem dos Farmacêuticos prevê uma rutura de prestação de cuidados nos hospitais "como não há memória" a partir de julho e diz que a situação é tão grave que "está posta em causa a segurança dos doentes".

Dois feridos graves do acidente na Marateca transportados para Hospital e Setúbal

O acidente ocorrido hoje no IC1 entre a Marateca e Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal, provocou, além dos seis mortos, dois feridos graves, que foram transportados para o Hospital de Setúbal, segundo o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Verão começa com chuva, granizo e trovoada

O verão começa hoje com chuva, por vezes forte e acompanhada de granizo e trovoadas, mas com temperaturas a rondar os 30 graus, adiantou à Lusa a meteorologista Patrícia Gomes.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.