Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Fim de semana com calor, chuva regressa segunda-feira devido ao furacão Ophelia

Fim de semana com calor, chuva regressa segunda-feira devido ao furacão Ophelia
| País
Porto Canal com Lusa

O fim de semana vai ser marcado por temperaturas acima dos 30 graus Celsius na generalidade do território, mas na segunda-feira a chuva regressa devido à passagem do furacão Ophelia, adiantou à Lusa meteorologista Maria João Frada.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para o fim de semana estão previstas temperaturas acima dos 30 graus Celsius na generalidade do território, mas na segunda-feira, o cenário muda muito por conta da trajetória do furacão Ophelia, que hoje está no Atlântico.

"A partir de segunda-feira parece que vai haver uma mudança no estado do tempo, mas até lá vamos continuar, na generalidade do território, com temperaturas acima do normal para a época, com máximas acima dos 30 graus", disse.

Segundo Maria João Frada, para hoje está prevista, no litoral a norte do Cabo Raso, uma descida da temperatura devido a uma massa de ar que tem um trajeto marítimo e que dá origem a mais humidade.

"Amanhã [sábado] vai haver uma subida da temperatura, ficando as máximas acima dos 30 graus na generalidade do território e no domingo vamos ter uma subida das mínimas, que em alguns locais poderão dar origem a noites tropicais", destacou.

Na segunda-feira, de acordo com a meteorologista, vai haver uma mudança no estado do tempo, com chuva e descida das temperaturas em parte devido ao furacão Ophelia que neste momento está no Atlântico, longe do continente e que no sábado vai passar a sudoeste dos Açores.

"Vai passar longe e não vai afetar diretamente o continente, mas vai dar-nos uma mudança de situação. Há-de vir uma componente de vento de sul, uma massa de ar mais quente e instável que vai trazer períodos de chuva ou aguaceiros. A intensidade destes aguaceiros vai depender se o furacão, que na segunda-feira já vai ser uma tempestade ou depressão, vai passar mais longe ou perto", explicou.

No entender de Maria João Frada, esta passagem do Ophelia vai "abrir a porta" para uma mudança no estado do tempo.

"Na segunda e na terça-feira a previsão é de ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros, mas no resto da semana ainda é cedo para dizer, mas pode não ser o mesmo cenário", disse.

+ notícias: País

Várias empresas suspendem apoios após escândalo na Raríssimas

A Raríssimas já está a sofrer penalizações depois do escândalo que envolve a ex-presidente. Há mecenas que estão a cortar nos apoios à instituição. Na delegação centro, pelo menos uma empresa suspendeu o donativo.

Caso Raríssimas deixa portugueses com 'o pé-atrás' sobre futuras doações a IPSS

                                 

Estudantes de Viseu promovem referendo para decidirem futuro da Garraida

A tradição mantém-se viva e a Garraiada de Viseu não vai morrer. A dúvida sobre a manutenção do evento com 16 anos de história surgiu depois da contestação levantada pelo grupo de trabalho dos Direitos dos Animais pelo Bloco de Esquerda. A associação de estudantes da Escola Superior agrária de Viseu decidiu deixar a decisão a cargo dos alunos e promoveu um referendo o futuro da garraiada. Os alunos votaram a favor da manutenção em 2018 haverá Garraiada.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS