Jornal Diário Jornal das 13

Mais de 100 investigadores esperam ministro da Ciência no Porto para entregar carta

| Norte
Porto Canal com Lusa

Porto, 11 out (Lusa) -- Mais de uma centena de investigadores científicos aguardam hoje no Porto para entregar em mão uma carta ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, manifestando-se contra a falta de continuidade dos programas anteriormente celebrados.

Fernando Lima, um dos responsáveis pela concentração feita hoje à porta da Biblioteca Almeida Garrett, nos Jardins do Palácio de Cristal, disse à Lusa que nos últimos cinco anos, "foram criadas expectativas" e que agora que os contratos celebrados chegam ao fim estão "a enfrentar o desemprego".

A carta, lida hoje no Parlamento, começa por explicar que atualmente Portugal está "acima ou ao mesmo nível de muitos países europeus", graças à série de programas realizados nos últimos 20 anos, sublinhando os contratos celebrados em 2007 e 2012, nos quais foram contratados cerca de 2000 investigadores.

AXYG // LIL

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

CGTP anuncia queixa ao Ministério Público de alegada “tortura psicológica” por empresa da Feira

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) vai apresentar queixa ao Ministério Público contra a empresa de Santa Maria da Feira que acusa de exercer "tortura psicológica" sobre uma operária reintegrada por ordem judicia.

Atualizado 22-09-2018 12:37

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque "já não tinha condições para continuar à frente da instituição", segundo disse o próprio ao jornal Público.

Colisão entre dois carros provoca um morto e um ferido grave em Gondomar

Um colisão entre dois automóveis ligeiros provocou, este sábado, uma vítima mortal e um ferido grave, na EN108, em Zebreiros, Gondomar, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Valbom.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.