Jornal Diário Jornal das 13

Retirado do mercado medicamento para a rinite alérgica

Retirado do mercado medicamento para a rinite alérgica
| País
Porto Canal com Lusa

Um lote do medicamento para a rinite alérgica e urticária Levocetirizina Fair-Med 5mg, da empresa Fair-Med Healthcare GmbH, vai ser retirado do mercado por terem sido detetados resultados fora dos limites de especificação para uma impureza.

Segundo a Autoridade Nacional para o Medicamento (Infarmed), a comercialização foi suspensa e a empresa fará a recolha voluntária do lote n.º E16370A, com validade até setembro de 2019.

Os doentes que utilizem medicamentos do lote indicado não devem interromper o tratamento, mas sim contactar o médico para substituir o lote ou o fármaco por um medicamento alternativo.

O Infarmed acrescenta que as entidades que têm em stock embalagens pertencentes ao lote afetado devem devolvê-las, não as podendo vender, dispensar ou administrar.

+ notícias: País

Ao quinto dia, taxistas prometem manter protesto até à suspensão da lei

Os taxistas mantêm-se este domingo pelo quinto dia em protesto e prometem continuar até que a lei das plataformas de transporte seja suspensa, prevendo abandonar os locais onde estão parados apenas na segunda-feira para uma vigília na Praça do Comércio.

Passageiros do Alfa Pendular de Lisboa a Braga obrigados a mudar de comboio no Porto

Os passageiros da CP (Comboios de Portugal) que pagam bilhete para o Alfa Pendular de Lisboa para Braga, são obrigados a prosseguir viagem, a partir do Porto, num comboio suburbano. Nas últimas semanas a situação tem sido recorrente, o que deixa os passageiros indignados.

Mais de 70 toneladas de embalagens recolhidas nas praias e festas de verão

Mais de 70 toneladas de embalagens de plástico, papel, cartão e vidro foram enviadas para reciclagem na sequência de ações neste verão em praias e em festivais, segundo um balanço da Sociedade Ponto Verde (SPV).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.