Jornal Diário Jornal das 13

Fogo que ameaçou três fábricas na Trofa extinto

Fogo que ameaçou três fábricas na Trofa extinto
| Norte
Porto Canal com Lusa

O fogo que esta noite ameaçou três fábricas na Trofa, distrito do Porto, foi extinto, sem chegar aos edifícios, disse à Lusa o presidente da Câmara da Trofa, que exigiu "mais meios para as autarquias" no combate aos incêndios.

"Depois de momentos complicados, está extinto. E à primeira vista - ainda que seja necessário apurar junto dos responsáveis - não estão em causa empregos ou prejuízos elevados. Mas as causas também têm de ser apuradas", disse o presidente da Câmara, Sérgio Humberto.

Em causa está um incêndio que teve início de manhã em zona florestal na Trofa e alastrou ao início da noite às imediações de três fábricas localizadas no lugar de Lantemil, em Santiago de Bougado.

Duas das unidades fabris dedicam-se ao ramo alimentar e uma terceira opera no negócio do ar condicionado.

Cerca das 22:15, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto indicou à agência Lusa que no terreno estavam 72 homens auxiliados por 19 viaturas de corporações de seis concelhos do distrito: Trofa, Santo Tirso, Ermesinde (Valongo), Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Pedrouços (Maia).

Entretanto, o presidente da Câmara da Trofa apontou suspeitas sobre a origem deste e de outros fogos.

"Ontem [sábado] quando os Bombeiros Voluntários da Trofa comemoravam o 41.º aniversário, deflagraram cinco incêndios em sítios diferentes. E hoje, um incêndio que começou de manhã, esteve controlado, provocou à noite três explosões e entrou nos logradouros das fábricas. Ao mesmo tempo, surge outra ocorrência na Paradela. Há claramente a intenção de desviar meios de uns sítios para os outros", disse o autarca.

Sérgio Humberto exigiu ao Governo "mais meios e mais competências" nomeadamente nas limpezas de terrenos, bem como "mão firme quanto aos culpados".

+ notícias: Norte

Vespa asiática continua a provocar quebras na produção de mel em Portugal

A vespa asiática está atacar colmeias e a provocar quebras na produção de mel. A Quercus diz que desde 2011 que alerta para a necessidade de se criar uma estratégia para acabar com os problemas provocados por esta espécie invasora.

Voluntários de Chaves recolhem cinco mil litros de lixo das florestas

Dezenas de jovens voluntários limparam a floresta no concelho de Chaves. A recolha de lixo da associação "Inspira" tem como objetivo evitar incêndios. Desde julho, foram ja recolhidos cinco mil litros de lixo.

Homem esfaqueia dois jovens à porta de discoteca no Porto

Dois jovens com 19 e 20 anos foram esfaqueados à porta de uma discoteca na rua da Alegria, na cidade do Porto, na manhã desta terça-feira, disse ao Porto Canal fonte da Polícia de Segurança Pública (PSP).

(em atualização)

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.