Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Luísa Salgueiro: "é um novo desafio para os socialistas de Matosinhos e para mim também"

| Política
Porto Canal

Luísa Salgueiro, eleita Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, afirmou esta segunda-feira à noite, nos estúdios do Porto Canal, que a sua vitória "é um novo desafio para os socialistas de Matosinhos e para mim também" e que "é mais difícil ser mulher, foi mais difícil ser candidata" uma vez que "foi preciso ultrapassar mais obstáculos e foi mais difícil ultrapassar a campanha eleitoral, porque há sempre um tipo de ataque que tem haver com a nossa condição feminina".

A atual Presidente diz que nunca imaginou há quatro anos estar à frente da Câmara de Matosinhos e que "não foi um plano feito a longo prazo, foram as circunstâncias que assim o ditaram".

Luísa Salgueiro defende que vai governar a autarquia "com uma equipa experiente e jovem” e que “Matosinhos é um concelho que tem afirmado muitas figuras".

A Presidente diz ainda que “é mais difícil ser mulher e foi mais difícil ser candidata" sendo que "foi preciso ultrapassar mais obstáculos, foi mais difícil ultrapassar a campanha eleitoral porque há sempre um tipo de ataque que tem haver com a nossa condição feminina”.

“A forma como sorrimos, a forma como olhamos, a forma como nos posicionamos que os homens não estão sujeitos a essa fiscalização", afirma Luísa Salgueiro.

Por fim, a Presidente diz que o facto de ser mulher "não vai alterar muito a forma de funcionamento" da Câmara de Matosinhos e que "é importante construirmos um futuro para as mulheres que seja mais fácil para que não tenham de ultrapassar tantas dificuldades".

 

+ notícias: Política

Aprovado aumento extraordinário de 6 ou 10 euros nas pensões

Os deputados aprovaram hoje na especialidade o aumento extraordinário das pensões, de seis ou de 10 euros, que começará a ser pago em agosto do próximo ano.

Bruxelas alerta para "riscos de não cumprimento" na proposta de Orçamento do Estado de Portugal

A Comissão Europeia considerou hoje que o esboço orçamental para 2018 de Portugal "pode resultar num desvio significativo" do ajustamento recomendado, pelo que há "riscos de não cumprimento" dos requisitos do Pacto de Estabilidade e Crescimento (PEC).

Eurico Castro Alves elogia a ida do Infarmed para o Porto

O médico Eurico Castro Alves, recentemente envolvido na Comissão de Candidatura da ida da EMA para a cidade do Porto, afirma que a ida do Infarmed é "uma boa notícia" para o Porto e para Portugal porque, para o médico, esta medida é "um sinal" que o Governo pretende "aplicar os recursos de uma forma distribuida, equitativa e organizada".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS