Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Governo aprova 12 contratos fiscais de investimento no valor global de 160 ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 14 set (Lusa) - O Conselho de Ministros aprovou hoje 12 contratos fiscais de investimento, num valor total de 160 milhões de euros e que vão criar 358 postos de trabalho direto até 2023, anunciou o executivo socialista.

"Estes 12 projetos de investimentos hoje aprovados comprovam o bom momento que a economia portuguesa está a atravessar", destacou Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia, na conferência de imprensa que se seguiu à reunião semanal do Governo.

E acrescentou: "O investimento no segundo trimestre do ano aumentou pelo quinto trimestre consecutivo, atingindo um crescimento de 10,3%, o maior dos últimos 18 anos".

Segundo o governante, este desempenho mostra a "sustentabilidade da economia portuguesa".

Caldeira Cabral realçou a diversificação dos projetos aprovados, quer em termos geográficos, quer a nível setorial e até no que toca à dimensão.

E apontou ainda para a "dinâmica do crescimento verificada nas empresas exportadoras de mercadorias na primeira metade do ano", que possibilitou que as exportações de bens e serviços tenham subido 12,6% face a igual período de 2016, naquele que é o maior crescimento semestral dos últimos seis anos.

Os 12 projetos em causa, que abrangem áreas como a aeronáutica, a energia, a indústria dos moldes, a indústria automóvel, a maquinaria e a saúde, vão beneficiar de benefícios fiscais em sede de IRC, IMI, Imposto de Selo e IMT.

DN/PPF // MSF

Lusa/fim

+ notícias: Economia

Famílias portuguesas nunca pouparam tão pouco nos últimos 18 anos

As famílias portuguesas nunca pouparam tão pouco, tendo poupado apenas 3,8% do seu rendimento disponível no ano terminado em março, o valor mais baixo dos últimos 18 anos.

Em Portugal há quase 260 mil pessoas com mais de 65 anos a trabalhar

Em Portugal há quase 260 mil pessoas com mais de 65 anos a trabalhar. São mais 42 mil do que no início do ano passado. Em Bragança, o Porto Canal encontrou o exemplo de uma porteira de 65 anos que garante que vai trabalhar enquanto puder.

Cancelamento de mais de 2.000 voos custou 25ME à Ryanair

O presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary, informou hoje que o cancelamento de mais de 2.000 voos nas próximas seis semanas custou à transportadora cerca de 25 milhões de euros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...