Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Ex-Presidente Ramos-Horta representa atual chefe de Estado timorense na Assembleia-Geral da ONU

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Díli, 14 set (Lusa) - O ex-Presidente timorense José Ramos-Horta vai representar o atual chefe de Estado, Francisco Guterres Lu-Olo, nas reuniões da 72.ª Assembleia-Geral da ONU, na próxima semana em Nova Iorque, foi hoje anunciado.

Fonte da Presidência timorense confirmou à Lusa que o chefe de Estado decidiu não se deslocar a Nova Iorque, por estar a decorrer todo o processo para a formação e posse do próximo Governo.

A decisão de nomeação foi hoje formalizada num encontro que Francisco Guterres Lu-Olo manteve com Ramos-Horta no Palácio Presidencial em Díli.

A 72ª sessão regular da Assembleia-Geral da ONU começou na terça-feira e tem o debate geral a arrancar a 19 de setembro.

O chefe de Estado timorense deverá indigitar hoje Mari Alkatiri como primeiro-ministro.

Na manhã de sexta-feira, Francisco Guterres Lu-Olo preside à sessão solene que marca o arranque da primeira sessão legislativa da quarta legislatura e, à tarde, estará no Palácio de Lahane para a tomada de posse dos membros do VII Governo constitucional.

ASP // EJ

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Mais de meio milhão de pessoas assinam petição pela manutenção da Uber em Londres

Mais de 500 mil pessoas exigem que o regulador dos transportes públicos da capital britânica, Transport For London (TfL), revogue a decisão de não renovar a licença de operação em Londres da empresa norte-americana Uber.

"Um dos piores anos" de fogos em França representa um décimo da área ardida em Portugal

O ano de 2017 está a ser um dos "piores" no combate aos fogos florestais em França com 20.900 hectares de área ardida, um valor muito aquém dos quase 210 mil hectares ardidos em Portugal este ano.

Vice-presidente da UNITA diz que Portugal "verga" sempre perante Angola

O vice-presidente da UNITA, Raúl Danda, considera que Portugal se tem "vergado" nas relações com Angola, colocando-se numa "situação de verdadeira dependência" e defende que falta um olhar "de igual para igual".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...