Jornal Diário Jornal das 13

Jerónimo de Sousa considera que CDU faz falta em Vila Nova de Gaia

| Política
Porto Canal com Lusa

Vila Nova de Gaia, Porto 13 set (Lusa) - O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje que a CDU "é uma voz que faz falta à população de Vila Nova de Gaia", no dia em que surgiu a apoiar a candidatura de Mário David Soares.

Jerónimo de Sousa justificou a sua afirmação pelo facto de "o trabalho da CDU tanto ser valorizado em maiorias como em minorias", falando de uma candidatura cuja aposta é recuperar o vereador perdido na autarquia.

"Não havendo esta voz, os problemas, a necessidade de denúncia, de crítica e de proposta, a cidade ficará mais pobre", enfatizou o líder comunista, reclamando que "a batalha é para ser travada com confiança e que é possível recuperar o vereador".

Na sua intervenção no final do encontro com a população, o cabeça de lista Mário David Soares afirmou querer "transformar o concelho em algo para todos os gaienses".

"Gaia é um concelho rico na sua diversidade mas também muito desigual", acusou o candidato da CDU, reivindicando "políticas de coesão territorial, social e cultural" para Vila Nova de Gaia.

Recusando que este seja um "apêndice do Porto", mas um concelho "com identidade, que não quer crescer à custa do turismo", rotulou a "privatização das vistas do rio" como um dos malefícios do turismo no concelho, "prejudicando a sua população".

São candidatos à Câmara de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, o atual presidente da câmara Eduardo Vítor Rodrigues (PS), Cancela Moura (PSD/CDS-PP), Mário David Soares (CDU), Renato Soeiro (Bloco de Esquerda), Pedro Ribeiro de Castro (PAN) e Marisa Ribeiro (PTP).

O executivo da Câmara de Gaia é composto por cinco eleitos pelo PS, três eleitos pelo PSD/CDS-PP (a um dos quais a concelhia retirou, em 2013, a confiança política, depois de o autarca Eduardo Vítor lhe ter atribuído um pelouro) e três eleitos pelo movimento "Juntos por Gaia" (que logo após as eleições assinou um acordo de compromisso com o PS),

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

JYFO// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Política

Escolas com orientações para não autorizarem férias para docentes sem notas entregues

O Ministério da Educação enviou hoje orientações às escolas para que concluam as avaliações finais dos alunos "impreterivelmente até 26 de julho", pedindo aos diretores escolares que apenas autorizem férias aos professores depois de entregarem as notas.

Ministro da Saúde anuncia decisão sobre deslocalização do Infarmed "a curto prazo"

O ministro da Saúde disse hoje que o Governo terá condições para decidir sobre a mudança do Infarmed para o Porto "a curto prazo" e salientou que relacionar a deslocalização com ameaça da saúde pública mundial é “exagero”.

CDS- PP inicia campanha para as eleições Europeias

O CDS-PP é o primeiro partido a dar o pontapé de saída na campanha para as eleições europeias. O objetivo do partido é passar de um para dois deputados numa lista com 10 ideias chave.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.