Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Série de falsos alertas de bomba leva à evacuação de dezenas de locais na Rússia

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Moscovo, 13 set (Lusa) -- Uma série de falsos alertas de bomba feitos desde o início da semana obrigaram à evacuação de dezenas de locais públicos na Rússia, envolvendo dezenas de milhares de pessoas, noticiou hoje a imprensa russa.

Segundo a agência Ria Novosti, as gares de Iaroslavski, Kievski e Kazanski e a célebre galeria comercial Goum, na Praça Vermelha, estão entre as duas dezenas de locais públicos de Moscovo evacuados depois de alertas que acabaram por se revelar falsos.

"Às 16:45 de hoje (14:45 em Lisboa), 23 locais de Moscovo tinham recebido telefonemas com ameaças", disse à Ria Novosti um responsável da polícia municipal.

As chamadas anónimas começaram na segunda-feira, na zona ocidental da Rússia, e espalharam-se na terça-feira a cidades de todo o país.

Hoje, além de Moscovo, houve ameaças de bomba em várias cidades da Sibéria e do Extremo-Oriente russo.

Segundo a agência, um total de 45.000 pessoas foram retiradas de locais públicos e nenhuma bomba foi encontrada.

As autoridades russas não comentaram publicamente até ao momento a série de falsos alertas.

MDR // ANP

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Mais de meio milhão de pessoas assinam petição pela manutenção da Uber em Londres

Mais de 500 mil pessoas exigem que o regulador dos transportes públicos da capital britânica, Transport For London (TfL), revogue a decisão de não renovar a licença de operação em Londres da empresa norte-americana Uber.

Insultos de Trump tornam ataque contra EUA "mais inevitável", diz Pyongyang

O ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano disse no sábado aos líderes mundiais na ONU que o insulto de Donald Trump ao chamar "rocket man" a Kim Jong Un" torna um ataque cada contra os EUA "inevitável" .

"Um dos piores anos" de fogos em França representa um décimo da área ardida em Portugal

O ano de 2017 está a ser um dos "piores" no combate aos fogos florestais em França com 20.900 hectares de área ardida, um valor muito aquém dos quase 210 mil hectares ardidos em Portugal este ano.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...