Jornal Diário Jornal das 13

Idanha-a-Nova aplicou um milhão de euros em apoios sociais nos últimos quatro anos

| País
Porto Canal com Lusa

Idanha-a-Nova, Castelo Branco, 13 set (Lusa) - A Câmara de Idanha-a-Nova canalizou entre 2013 e 2017 mais de um milhão de euros para apoios sociais, que vão desde a habitação para famílias carenciadas e jovens, ao apoio nos serviços de saúde, foi hoje anunciado.

"Quarenta famílias já beneficiaram de apoio na habitação e os apoios na saúde já chegaram a 189 pessoas. Quanto ao Banco Social de Roupas e Bens, este espaço atingiu 487 beneficiários nos últimos quatro anos, dos quais perto de 30% são crianças até aos 12 anos", refere em comunicado o presidente deste município do distrito de Castelo Branco.

Armindo Jacinto explica que o valor do investimento realizado em apoios sociais entre 2013 e 2017 atinge os 540 mil euros, aos quais acrescem mais 570 mil euros de apoios às instituições de solidariedade social do concelho.

"O objetivo é melhorar a qualidade de vida no concelho, em particular das famílias e dos cidadãos seniores", sublinha.

Os apoios são variados e vão desde a habitação para famílias carenciadas e jovens, comparticipação das despesas com lares, centros de dia e apoio domiciliário, serviços de saúde de proximidade, transporte gratuito para estudantes e terceira idade dentro do concelho.

Um dos principais instrumentos de apoio social é o Cartão Raiano +65, dirigido a todos os munícipes reformados ou portadores de deficiência.

"Hoje existem 4.628 utentes deste cartão que disponibiliza uma série de benefícios, como transportes gratuitos no concelho, desconto nas tarifas da água e acesso gratuito a atividades de animação, piscinas e outros espaços municipais", concluiu.

CAYC // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Homem morre em Cinfães quando estava a lançar fogo-de-artifício

Um homem morreu hoje de manhã, em São Cristóvão de Nogueira, no concelho de Cinfães, quando estava a lançar fogo-de-artifício, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu.

Nebulosidade e temperaturas abaixo dos 30 em quase todo o país até à próxima semana

A nebulosidade, o vento e as temperaturas abaixo dos 30 graus Celsius, exceto no Algarve e interior do Alentejo, vão continuar pelo menos até meados da próxima semana, disse à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

Falta de técnicos deixa ambulâncias do INEM paradas quase 1200 horas em junho

Em junho as ambulâncias do INEM estiveram paradas mais de mil horas por dia por falta de pessoal. O sindicato dos técnicos de emergência denuncia que a situação pode piorar, caso a providência cautelar da ordem dos enfermeiros trave a formação de técnicos que está a decorrer.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.