Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Cília Seixo quer continuar trabalho de Paulo Fonseca em Ourém

| Política
Porto Canal com Lusa

Ourém, Santarém, 12 set (Lusa) - A psicóloga Cília Seixo assumiu hoje o compromisso de candidatura ao município de Ourém, no distrito de Santarém, em substituição do socialista Paulo Fonseca, impedido de se recandidatar às eleições autárquicas de 01 de outubro pelo Tribunal Constitucional.

A candidata, de 55 anos, professora de Filosofia e Psicologia em Fátima, ocupava o segundo lugar da lista do PS encabeçada pelo atual autarca Paulo Fonseca, que foi considerado inelegível por estar envolvido num processo de insolvência.

"Embora de forma inesperada, estou aqui de alma e coração, com força, com garra para levar este projeto até ao fim", disse Cília Seixo hoje à noite, numa conferência de imprensa, na sede de candidatura em Ourém.

Na sua intervenção, ao lado de Paulo Fonseca, disse que o PS tem "uma excelente equipa, que merece continuar o trabalho do Paulo Fonseca e vamos ser capazes de o fazer".

"Nós queremos continuar o projeto e nunca, numa situação destas, abandonaria um programa excelente e uma equipa que acho ótima", sublinhou a candidata.

Depois de ouvir rasgados elogios de Paulo Fonseca, que lhe prometeu todo o apoio, Cília Seixo prometeu empenho no seu trabalho, "que tem muito a ver com aquilo que fui observando na gestão do Paulo Fonseca".

"Nos últimos oito anos vi alguém a mudar face do concelho, a dar uma dinâmica a todo o concelho que não existia, preocupado em pagar uma dívida astronómica e a conseguir fazer obra", frisou a candidata socialista.

O município de Ourém é governado pelo PS desde 2009.

AMV.// ATR

Lusa/fim

+ notícias: Política

Recursos de água marcam debate entre os seis candidatos à autarquia de Barcelos

Miguel Costa Gomes, Mário Constantino, Domingos Pereira, Mário Figueiredo, Vasco Santos e José Ilídio Torres debateram no Porto Canal vários assuntos preocupantes em Barcelos, nomeadamente os recurso de água, a mobilidade e a construção de um novo hospital.

Catarina Martins diz que "se as contas estão melhor, paguemos a dívida para com o país"

A coordenadora bloquista defendeu esta sexta-feira que se as contas estão melhor é preciso pagar "a dívida para com o país", exigindo a execução de todos os investimentos públicos previstos para 2017 para "fazer o que ainda não foi feito".

Transportes, emprego e habitação foram os principais temas no debate de Guimarães

Os candidatos à autarquia de Guimarães apresentaram propostas e debateram o atual estado do concelho. A oposição pede uma mudança de ciclo político, o Bloco de Esquerda vai mais longe e diz que os 28 anos de governação socialista trouxeram "medo" à cidade.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...