Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Tribunal suspende professor suspeito de abusar de menor em escola de Braga

Tribunal suspende professor suspeito de abusar de menor em escola de Braga
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Tribunal de Braga aplicou hoje proibição de exercício de funções a um professor de uma escola daquele concelho, suspeito de abuso sexual de uma aluna menor, informou fonte policial.

Além de não poder dar aulas, o professor fica ainda proibido de se aproximar da alegada vítima e das testemunhas do caso.

A estas medidas de coação, junta-se ainda o termo de identidade e residência.

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga anunciou hoje a detenção de um professor de uma escola daquele concelho, suspeito de abuso sexual de uma aluna menor.

Em comunicado, a PJ refere que o detido tem 49 anos e é suspeito da prática de "vários crimes" de abuso sexual de menor dependente.

O arguido tem 49 anos, é professor de Educação Física e, de acordo com fonte da PJ, já estará no ensino "há cerca de 30 anos".

A PJ vai continuar a investigação, nomeadamente para aferir se há mais vítimas de abuso.

+ notícias: Norte

Água da praia de Matosinhos contaminada com bactéria de nível 100 vezes superior ao normal

O resultado das análises feitas à água da praia de Matosinhos revela uma bactéria com um nível 100 vezes superior ao normal. Estes dados surgem depois de uma denúncia feita por um grupo de surfistas. A bactéria em causa pode causar problemas gastrointestinais e irritação na pele.

Dezenas de pessoas protestam por justiça para o Padre Roberto de Canelas

Dezenas de pessoas protestaram, este domingo de manhã, na Sé do Porto, pela justiça e verdade no caso do afastamento do Padre Roberto da paróquia de Canelas, Vila Nova de Gaia, em 2014, apurou o Porto Canal com fonte da associação organizadora.

Dezenas de pessoas protestam no Porto contra alegadas adoções ilegais na IURD

Dezenas de pessoas protestaram no Porto contra as alegadas adoções ilegais feitas por membros da IURD. Este protesto aconteceu em seis cidades em simultâneo, um movimento cívico formado por um grupo de oito mães que promoveram as concentrações.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.