Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Infestação de piolhos: bloco operatório de Obstetrícia do Hospital de São João só reabre na totalidade segunda-feira

Infestação de piolhos: bloco operatório de Obstetrícia do Hospital de São João só reabre na totalidade segunda-feira
| Norte
Porto Canal

Uma das duas salas que compõem o bloco operatório de Obstetrícia do Hospital de São João e que se encontra encerrada devido à infestação de piolhos de pombo, só vai ser reaberta na próxima segunda-feira, avança esta sexta-feira o Centro Hospitalar de São João em comunicado.

"O Bloco Operatório de Obstetrícia do Centro Hospitalar São João (CHSJ) é composto de duas salas operatórias, independentes da sala de partos. Na passada terça-feira, 29 de agosto, no processo normal de verificação pré-cirúrgico de uma das salas, detectou-se a existência de piolho de pombo junto a uma janela", confirma a entidade hospitalar.

O comunicado indica ainda que determinaram "o encerramento imediato dessa sala operatória para realização do processo de desinfestação e limpeza e foram verificadas condições de total segurança na outra sala operatória. Foi disponibilizada uma outra sala operatória do CHSJ, com iguais condições de qualidade e segurança, para a eventualidade de ser necessário realizar dois procedimentos cirúrgicos em simultâneo."

O Centro Hospitalar afirma que "não houve, em nenhum momento, risco acrescido para qualquer utente ou processo nem foram postos em causa os elevados padrões de qualidade e segurança".

A sala operatória intervinda só será assim reaberta na próxima segunda-feira, dia 4 de setembro.

+ notícias: Norte

Autoridade de Saúde investiga doença infeciosa que provocou a morte a aluna da Maia

A Autoridade de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Maia/Valongo está a "proceder à investigação epidemiológica" de uma doença infecciosa que provocou recentemente a morte de uma criança de sete anos, foi hoje anunciado.

Incêndio obriga à evacuação de prédio em Valongo e deixa 45 desalojados

45 pessoas ficaram desalojadas depois de um incêndio num prédio em Valongo. O edifício sofreu alguns danos e não está por enquanto habitável. Na sequência do incêndio houve ainda um morador que teve de ser transportado para o hospital por inalação de fumos.

Polícia espanhola desmantela tráfico de sardinha entre Espanha e Portugal

A Guardia Civil espanhola apreendeu 6 mil e 300 quilos de sardinha na Corunha e que teriam como destino Matosinhos. A apreensão ocorre numa altura em que a captura da espécie está proibida nesta altura do ano.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS