Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Governo decreta dia de luto nacional na sexta-feira pelas vítimas da queda de árvore na Madeira

Governo decreta dia de luto nacional na sexta-feira pelas vítimas da queda de árvore na Madeira
| País
Porto Canal com Lusa

O Governo decretou dia de luto nacional na sexta-feira "pela perda irreparável de vidas humanas" na queda de uma árvore no Largo da Fonte, nas festividades de Nossa Senhora do Monte, na Madeira.

"O Luto Nacional coincide com as cerimónias fúnebres das vítimas do acidente como forma de pesar e solidariedade de todo o país", é referido num comunicado do Governo divulgado esta quinta-feira.

Na nota, pode ler-se que "o Governo decretou hoje um dia de Luto Nacional para o dia 18 de Agosto, pela perda irreparável de vidas humanas no acidente provocado pela queda de uma árvore na Região Autónoma da Madeira".

Um carvalho de grande porte e com 200 anos abateu terça-feira, Dia da Assunção de Nossa Senhora, também conhecido por Dia de Nossa Senhora do Monte, padroeira da Região Autónoma da Madeira, no Largo da Fonte, no Monte, sobre várias pessoas que aguardavam pela passagem da procissão, causando 13 mortos e 49 feridos, sete dos quais estão hospitalizados.

Oito das vítimas mortais são do sexo feminino e cinco do masculino, sendo uma criança de 1 ano e as restantes com idades entre os 28 e 59 anos. Uma mulher francesa e outra húngara figuram entre os mortos.

+ notícias: País

Sete distritos do continente sob aviso amarelo devido ao tempo quente

Sete distritos de Portugal continental estão esta segunda-feira sob aviso amarelo devido ao tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Nova greve de professores às avaliações arranca esta segunda-feira e pode durar um mês

Os professores começam esta segunda-feira nova greve às avaliações com a contagem integral do tempo de serviço congelado como “questão central”, alertando o Governo que sem respostas esta não será uma paralisação só de um dia ou de uma semana.

Ordem avisou Centro Hospitalar Lisboa Norte sobre perda de capacidade formativa

A Ordem dos Médicos enviou este ano pelo menos duas cartas ao Centro Hospitalar Lisboa Norte a avisar que estava em causa a sua capacidade de formar novos especialistas em pneumologia, segundo documentos a que a Lusa teve acesso.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

IV Festival de Guitarra de Amarante