Info

Fogo no Fundão obriga ao corte da linha da Beira Baixa

| País
Porto Canal com Lusa

Fundão, Castelo Branco, 15 ago (Lusa) - O incêndio que progride no concelho do Fundão obrigou hoje à tarde à suspensão da ligação ferroviária da Beira Baixa, entre Castelo Branco e a Covilhã, disse à agência Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com a IP, o corte da linha da Beira Baixa foi feito às 16:25, "por pedido do CDOS [Comando Distrital de Operações de Socorro] de Castelo Branco".

Contactada pela agência Lusa, a CP referiu que um comboio que ia em direção à Covilhã ficou parado em Castelo Branco face ao corte da linha. O mesmo comboio faria depois a viagem de regresso a partir da Covilhã.

O transbordo ainda não está assegurado, sendo que "a situação está em avaliação", afirmou fonte da CP.

Também a nacional número 18 (N18) e a autoestrada número 23 (A23), entre Castelo Novo e Alcaide, estão cortadas ao trânsito nos dois sentidos devido às chamas que afetam o concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Segundo a página da Proteção Civil, às 19:10, estavam 415 operacionais, 121 veículos e dez meios aéreos a combater o fogo.

JYGA // EL

Lusa/Fim

+ notícias: País

Associações de doentes alertam para "realidade assustadora" de falta de medicamentos

Setenta associações de doentes enviaram uma carta ao Infarmed a alertar para a "realidade assustadora" de doentes cujo estado de saúde se tem "agravado" devido à falta de medicamentos nas farmácias e à não aprovação de fármacos inovadores.

Problemas elétricos nas novas ambulâncias do INEM resolvidos até ao final do mês

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) espera ter até final do mês resolvidos os problemas elétricos detetados em cinco das suas 20 ambulâncias novas e garante que a segurança no transporte dos doentes não está em causa.

Aveiro realiza simulacro de acidente com recurso a tecnologia 5G

As comunicações entre as entidades responsáveis pela prestação de socorro em caso de acidente são fundamentais. Como tal, as autoridades de Aveiro testaram a rede 5G num simulacro de um despiste com um encarcerado, sendo que a evolução da rede permitiu maior rapidez na atuação dos meios.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.