Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Fogo que começou em Cantanhede e que afetou Coimbra dado como dominado

Fogo que começou em Cantanhede e que afetou Coimbra dado como dominado
| País
Porto Canal com Lusa

O incêndio que começou no concelho de Cantanhede e que lavrou na sede de distrito, Coimbra, foi dado como dominado este domingo de manhã, afirmou o presidente da Câmara, Manuel Machado, referindo que o risco de reativação "é alto".

O incêndio foi dado como dominado às 07h41, sendo que "o dispositivo se mantém no terreno", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, sublinhando que "o nível de reativação é alto".

De acordo com o autarca, o plano municipal de emergência, acionado na sexta-feira, mantém-se ativo.

Em declarações à Lusa, Patrícia Gaspar, da Proteção Civil, confirmou que o incêndio que começou em Cantanhede e que progrediu na zona de Trouxemil, Lamarosa, Andorinha e São Marcos, no concelho de Coimbra, foi dado como dominado.

A adjunta nacional de operações também frisou que há "um elevadíssimo risco de reativação".

De acordo com Patrícia Gaspar, o risco deve-se às condições meteorológicas "ainda vigentes" para hoje e segunda-feira.

"Esta noite, houve locais onde a temperatura não desceu dos 20 graus. É um cenário meteorológico muito complexo", explicou.

O incêndio que começou em Torres do Mondego, concelho de Coimbra, e que rapidamente progrediu para Miranda do Corvo está neste momento "estabilizado", mantendo-se com "uma frente ativa com cerca de 800 metros", referiu a adjunta nacional de operações.

"O pior cenário é o do incêndio de Ferreira de Zêzere", no distrito de Santarém, afirmou Patrícia Gaspar.

+ notícias: País

Dentistas emigrados não querem voltar para Portugal

O bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas lamenta a saída constante para fora do país de profissionais especializados. Orlando Monteiro da Silva diz mesmo que o país forma profissionais em excesso e atira-os para a precariedade e a emigração.

Enfermeiros em greve nacional nos dias 22 e 23 de março

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) anunciou hoje uma greve nacional de enfermeiros no setor público nos dias 22 e 23 de março.

Cerca de 100 crianças metem as mãos na terra para reflorestar Tondela

Cerca de 100 crianças do 1º ciclo participaram num ação de reflorestação no Monte de São Marcos em Tondela, uma das áreas mais atingidas pelos incêndios e plantaram várias árvores entre pinheiros mansos e medronheiros.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.