Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Mulher sofre queimaduras em 50% do corpo no incêndio em Tomar

| País
Porto Canal com Lusa

Abrantes, Santarém, 13 ago (Lusa) -- Uma mulher de 40 anos sofreu queimaduras em cerca de 50 por cento do corpo, na sequência do incêndio que deflagra no concelho de Tomar, disseram hoje à Lusa fontes da autarquia e da Proteção Civil.

De acordo com fonte do comando nacional da Proteção Civil, a mulher foi atingida pelas chamas na localidade de Vale do Vime, no concelho de Abrantes, distrito de Santarém.

Contactado pela Lusa, o vice-presidente da Câmara de Abrantes, Hugo Cristóvão, acrescentou que a mulher sofreu queimaduras em 50 por cento do corpo e que foi inicialmente assistida no hospital de Abrantes, tendo, devido à gravidade das queimaduras, sido transferida para os Hospitais de Coimbra.

A Proteção Civil revelou ainda que outra pessoa sofreu queimaduras ligeiras na localidade de Outeiro do Forno, tendo sido assistida no hospital de Abrantes.

De acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil, consultada cerca da 01:40, o incêndio que deflagra em Tomar está a ser combatido 271 operacionais, apoiados por 73 meios terrestres. O fogo teve origem na localidade de Carvalhal, na União de Freguesias Serra e Junceira, às 15:58 de sábado.

No concelho de Abrantes, igualmente no distrito de Santarém, cinco bombeiros também sofreram, no sábado, queimaduras ligeiras, quando combatiam um incêndio que deflagrou em duas aldeias, na sequência de uma projeção de um fogo em Tomar que atravessou a albufeira de Castelo de Bode.

MLS // MLS/DM

Lusa/Fim

+ notícias: País

Sete pessoas continuam internadas devido à queda de árvore na Madeira

Nove das 16 pessoas internadas no hospital do Funchal na sequência da queda de uma árvore tiveram alta e sete permanecem internadas, uma das quais nos cuidados intensivos, disse esta quarta-feira fonte hospitalar.

Jorge Gomes afirma que fogos que começam à noite não podem ter "mão bondosa"

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, afirmou na terça-feira que os fogos que começam à noite e em "lugares estratégicos e cirúrgicos" não podem ser de "mão bondosa", apontando situações de "criação de incêndios".

Cinco distritos do continente e Madeira sob aviso amarelo devido a tempo quente

Os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Faro e a região autónoma da Madeira estão esta quarta-feira sob aviso amarelo do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), devido a previsões de tempo quente.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...