Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

MAI na sede da Proteção Civil para "ponto de situação nacional"

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 12 ago (Lusa) - A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, deslocou-se hoje ao comando da Proteção Civil, em Carnaxide, para se "inteirar do ponto da situação dos incêndios a nível nacional", disse à Lusa fonte oficial.

Fonte do Ministério da Administração Interna afirmou que a governante "chegou cerca das 19:30" à sede da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) e que está "reunida na sala de situação" com o presidente da ANPC, Joaquim Leitão, e com o comandante nacional operacional da Proteção Civil, Rui Esteves.

De acordo com o portal 'online' da ANPC, pelas 20:30 de hoje, havia registo de 22 incêndios rurais em curso no país, mobilizando 2.255 bombeiros, apoiados por 629 veículos terrestres e 21 meios aéreos.

Em fase de resolução há também indicação de 16 incêndios rurais para onde estão destacados 834 homens, 274 carros de combate e dois meios aéreos e já em conclusão há registo de 52 incêndios que lavram em meios rurais, combatidos por 910 bombeiros com a ajuda de 261 veículos terrestres.

A Proteção Civil identifica também os casos mais importantes, destacando pela mesma hora nove "ocorrências importantes", sendo o distrito de Coimbra aquele que mobiliza mais meios humanos.

ND // MLS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Liga Portuguesa Contra o Cancro teme que o 'Caso Raríssimas' afete a instituição

O 'escândalo da Raríssimas' pode afetar outras instituições portuguesas. Se por um lado a Liga Portuguesa Contra o Cancro teme que a instituição seja prejudicada, o Banco Alimentar acredita que vai ser feita justiça.

Português morre na colisão entre autocarro e comboio em França

Um cidadão português está entre as vítimas mortais da colisão entre um autocarro e um comboio, na quinta-feira, no sudoeste de França, disse à Lusa fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades.

Temperatura mínima desce entre 6 e 10 graus no sábado

O fim de semana vai ser marcado pela descida acentuada da temperatura mínima entre 6 e 10 graus Celsius, mas já não está prevista chuva, adiantou à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS