Jornal Diário Jornal das 13

Dominado fogo em Alvaiázere

| País
Porto Canal com Lusa

Alvaiázere, Leiria, 12 ago (Lusa) - O fogo que começou na sexta-feira em Alvaiázere, distrito de Leiria, foi dado como dominado hoje às 10:18, mantendo-se ativos dois incêndios, nos distritos de Viseu e de Braga, informou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O incêndio de Alvaiázere, que deflagrou no final da tarde de sexta-feira, "está dominado", disse à agência Lusa o comandante da ANPC, Paulo Santos, referindo que um carro de bombeiros da corporação local "tombou lateralmente" no combate às chamas, provocando ferimentos ligeiros em cinco bombeiros.

De acordo com a mesma fonte, mantêm-se 182 operacionais no terreno para operações "de consolidação do rescaldo".

Paulo Santos explanou que há a probabilidade de "reativação de alguns dos incêndios dominados, mas, tendo em conta os meios instalados, o combate inicial será muito mais rápido", acreditando-se que os fogos dominados sofram pouca evolução.

De momento, encontram-se ativos dois incêndios.

Às 11:30, um fogo lavrava em Cinfães, distrito de Viseu, "sem oferecer perigo", mas em local de difícil acesso, e outro em Póvoa de Lanhoso, distrito de Braga, sendo que cada um dos incêndios mobilizava menos de 100 operacionais, referiu o comandante da ANPC.

Segundo Paulo Santos, registaram-se vários focos de incêndio durante a noite nos concelhos de Alvaiázere e de Pombal, sublinhando que, entre as 00:00 e as 08:00, foram contabilizados "55 focos de incêndio" no território nacional.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da Câmara de Alvaiázere, Célia Marques, realçou que os focos de incêndio que foram sendo registados durante a noite e manhã no concelho "surgiram em sítios completamente opostos", rejeitando a possibilidade de terem sido resultado de projeções.

"Há suspeitas de que haja atuação criminosa", vincou a autarca, considerando que o próprio combate ao fogo foi mais complicado face à necessidade de dispersão dos meios para combater focos de incêndio que iam surgindo "em vários pontos do concelho".

JYGA // CSJ

Lusa/Fim

+ notícias: País

SEF alerta para aumento de indocumentados e "fortes indícios" de tráfico de menores

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) destacou hoje o aumento do número de cidadãos estrangeiros que chegam indocumentados aos aeroportos portugueses, muitos deles com crianças menores, e alertou para “fortes indícios” de casos de tráfico.

INEM revela que mais de 1200 menores entraram em coma alcoólico em 2017

O Governo lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização para alertar os jovens em relação ao consumo de álcool excessivo antes e depois dos 18 anos.

Cancro de pele está a aumentar em Portugal

O cancro de pele esta a aumentar em Portugal. A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo estima que haja 12 mil novos casos de cancro por ano. Este tipo de cancro mata anualmente 250 portugueses.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.