Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

ASAE abre processo-crime e apreende 191 quilos de carne em fiscalização a talhos

ASAE abre processo-crime e apreende 191 quilos de carne em fiscalização a talhos
| País
Porto Canal com Lusa

A Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou 31 contraordenações e um processo-crime por falsificação de alimentos numa operação de fiscalização a talhos em todo o país, tendo ainda apreendido 191 quilos de carne.

"Como resultado das ações, foram fiscalizados 90 operadores económicos, tendo sido instaurados 31 processos de contraordenação e um processo-crime por géneros alimentícios falsificados", lê-se no comunicado da ASAE, hoje divulgado, sobre as ações de fiscalização que decorreram em todo o país ao longo do mês de julho.

A polícia acrescenta ainda que "foram apreendidos cerca de 191 kg [quilos] de géneros alimentícios comercializados nestes estabelecimentos, tais como - enchidos, carne de bovino, produtos à base de carne e conservas" e "quatro instrumentos de pesagem, tudo num valor global aproximado de 3.000 euros".

De acordo com a autoridade, as contraordenações devem-se maioritariamente a infrações como o desrespeito das normas higiénicas e técnicas, falta de rastreabilidade de géneros alimentícios ou falta de rotulagem.

As ações de fiscalização tiveram por objetivo a "verificação dos requisitos legais específicos da atividade, bem como das condições de armazenamento e de conservação de produtos alimentares, de forma a garantir o cumprimento dos requisitos gerais e específicos em termos de Segurança Alimentar".

+ notícias: País

Mais de 33 mil animais foram abandonados em 2016

Mais de 33 mil animais foram abandonados no ano passado. O número cresceu em relação a 2015.

GNR detém idoso quando ateava fogo no Parque Natural Sintra-Cascais

A GNR deteve no sábado um homem, de 78 anos, quando ateava um fogo no Parque Natural Sintra-Cascais, indica a Guarda Nacional República em comunicado.

Corpos de duas vítimas portuguesas em Barcelona entregues à família

Os cadáveres das duas vítimas portuguesas do atentado terrorista cometido na quinta-feira em Barcelona foram hoje entregues à família, disse à Lusa fonte do governo da Catalunha.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...