Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Fogo em Abrantes com pequenas reativações mas sem frentes ativas

| País
Porto Canal com Lusa

Abrantes, Santarém, 12 ago (Lusa) - O comandante dos bombeiros voluntários de Abrantes disse hoje que o incêndio que lavra naquele concelho do distrito de Santarém desde quarta-feira está "sem frentes ativas", apesar de alguns reacendimentos noturnos.

"Durante a noite, o fogo perdeu força, apesar de dois ou três reacendimentos rapidamente resolvidos, e esta manhã o incêndio está sem frentes ativas", afirmou à Lusa António Jesus, tendo acrescentado que a evolução do combate é "bastante favorável" e que o fogo "deve entrar em fase de resolução até às 13:00".

O incêndio, que deflagrou às 18:14 de quarta-feira em Aldeia do Mato, União de Freguesias de Aldeia do Mato e Souto, no concelho de Abrantes, mobilizava por volta das 10:30, um total de 544 operacionais, apoiados por 187 viaturas e um meio aéreo.

"O trabalho no terreno está a ser feito com várias máquinas de rastos, para fazer aceiros, rescaldo, consolidação e vigilância, também com o apoio de meios aéreos, apagando e resolvendo de imediato reacendimentos e pequenos focos de incêndio", disse ainda o comandante dos bombeiros de Abrantes.

A autoestrada 23 (A23), que esteve cortada nos acessos a Rio Moinhos, na zona de Abrantes, foi reaberta às 00:43, segundo fonte da Proteção Civil nacional.

Segundo se podia ler na página da Proteção Civil na internet, cerca das 10:30, estavam cortadas a Estrada Nacional (EN) 3 e a Estrada Municipal (EM) 544.

MYF // CSJ

Lusa/Fim

+ notícias: País

Sindicatos dos ferroviários e Governo chegam a acordo que suspende greves

Sindicatos dos ferroviários e Governo alcançaram hoje um acordo que permitiu suspender as greves marcadas para este fim de semana, disse hoje à Lusa fonte sindical.

Sindicato Independente dos Médicos exige ao Governo a implementação de medidas urgentes

O Sindicato Independente dos Médicos volta a pedir com urgência a contratação de clínicos. O sindicato denuncia ainda tempos de espera inadmissíveis nas consultas em todo o país.

Adesão à greve dos técnicos de diagnóstico ronda os 85% a nível global

A greve dos técnicos de diagnóstico, que arrancou às 00:00 de hoje, tem uma adesão global na ordem dos 85%, com alguns serviços a atingirem os 100%, revelou o sindicato destes profissionais de saúde.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.