Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Pentágono nega ter ordens de Donald Trump sobre possível opção militar

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 12 ago (Lusa) -- O Pentágono negou, na sexta-feira, ter recebido ordens referentes à Venezuela depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter admitido uma eventual intervenção militar naquele país mergulhado numa crise política e económica.

"O Pentágono não recebeu qualquer ordem relativamente à Venezuela", afirmou o porta-voz Eric Pahon. "Se nos for pedido, estamos preparados para ajudar o Governo a proteger os nossos interesses nacionais e os nossos cidadãos", sublinhou em comunicado.

Esta foi a resposta às declarações, proferidas pouco antes, pelo Presidente dos Estados Unidos que afirmou não descartar a hipótese de uma intervenção militar. "Temos várias opções para a Venezuela, incluindo uma possível opção militar se necessário", disse Donald Trump, sem facultar mais detalhes.

"Temos tropas em todo o mundo, em lugares muito, muito distantes. A Venezuela não está muito longe e há gente a sofrer e a morrer", argumentou.

DM (ALU) // DM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Macau com recorde de 32,6 milhões de visitantes em 2017

Macau bateu um novo recorde ao receber mais de 32,6 milhões de visitantes em 2017, revelam dados preliminares divulgados esta quarta-feira pela Direção dos Serviços de Turismo (DST) que antecipa, para este ano, um crescimento de 1 a 3%.

Brexit: Parlamento britânico aprova lei do Governo para saída da União Europeia

Londres, 17 jan (Lusa) - O parlamento britânico aprovou hoje um projeto de lei para a saída do Reino Unido da União Europeia, concluindo-se a última etapa de um percurso tumultuoso para o Governo liderado por Theresa May.

PM demitido da Guiné-Bissau diz que sai sem mágoa do Presidente

Bissau, 17 jan (Lusa) -- O antigo primeiro-ministro guineense Umaro Sissoco Embaló, demitido segunda-feira, afirmou hoje que não tem nenhuma mágoa em relação ao Presidente guineense, José Mário Vaz, a quem prometeu que guardará "respeito por toda vida".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.