Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Fogo de Alvaiázere com uma das frentes em direção a Ferreira do Zêzere

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 11 ago (Lusa) -- O incêndio que deflagrou hoje às 19:40 em Alvaiázere, distrito de Leiria, tem uma das quatro frentes na direção de Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Este incêndio, segundo o oficial de operações e de emergências da ANPC, Pedro Araújo, levou já ao corte da Autoestrada do Pinhal Interior (AE13) entre os nós de Alvaiázere e Cabace.

A localidade mais próxima desta frente de incêndio é a de Covas do Souto e os bombeiros estão a trabalhar na defesa das aldeias que estão na linha do fogo.

Com quatro frentes ativas em povoamento florestal, este incêndio está a ser combatido por 320 operacionais, com 99 meios terrestres.

A presidente da Câmara de Alvaiázere, Célia Marques, disse à agência Lusa que a situação na sua zona "está dominada", mas que uma das quatro frentes ativas estão a deslocar-se para a localidade vizinha de Ferreira do Zézere, distrito de Santarém, onde uma aldeia já foi evacuada.

"Não estou em Alvaiázere, mas segundo me informaram, neste momento, o incêndio já passou para o concelho de Ferreira do Zêzere [distrito de Santarém]. No entanto, existem reacendimentos pontuais, o que nos preocupa. O cenário que se antevê desta noite não é calmo e sereno", disse à Lusa Célia Marques, pelas 23:40.

A autarca adiantou que em Alvaiázere nunca chegou a haver casas ou pessoas em risco.

"Segundo me disseram, a situação está mais complicada em Ferreira do Zêzere, onde já terão tido necessidade de evacuar uma aldeia", vincou.

O incêndio com quatro frentes ativas, em povoamento florestal, deflagrou hoje pelas 19:40 na localidade de Barqueiro, no concelho de Alvaiázere, distrito de Leiria.

GC/EYC // ARA

Lusa/Fim

+ notícias: País

Colisão entre carro e mota provoca um morto em Aveiro

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um motociclo provocou este domingo uma vítima mortal na EN109, junto à pastelaria Ribas Parque, em Ílhavo, Aveiro, apurou o Porto Canal com fonte dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo.

Portugal teve um dos episódios mais graves de poluição do ar

Portugal registou um dos episódios mais graves de poluição do ar de 06 a 17 de outubro, conjugando meteorologia, partículas do norte de África e incêndios, com ultrapassagens dos limites em várias regiões, segundo o especialista Francisco Ferreira

Incêndios: Das 44 vítimas mortais, cinco estão por identificar

Cinco das 44 pessoas que morreram nos incêndios florestais que deflagraram há uma semana, em várias zonas do país, estão ainda por identificar, revelou hoje o Instituto Nacional de Medicina Legal (INML).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Consultório

Como prevenir a gripe - medicamentos e...

Nota Alta

Mazgani - "The Faintest Light"