Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Fogo chega a casas em Folgosa, Santo Tirso, bombeiro hospitalizado

Fogo chega a casas em Folgosa, Santo Tirso, bombeiro hospitalizado
| Norte
Porto Canal

O incêndio florestal que deflagrou hoje no lugar de Folgosa, freguesia de Covelas, concelho de Santo Tirso, obrigou ao transporte de um bombeiro para o hospital de Famalicão, disse à Lusa fonte oficial dos Bombeiros de Santo Tirso.

Fonte daquela corporação disse à Lusa que um bombeiro "foi assistido no lugar de Folgosa e foi transportado para o hospital de Famalicão.

"O fogo chegou às casas do lugar de Folgosa", acrescentou a mesma fonte dos Bombeiros de Santo Tirso, acrescentando que "por dificuldades de comunicação com os operacionais no terreno", desconhece-se se as casas tiveram de ser evacuadas.

A mesma fonte acrescentou que foi enviada uma ambulância para a A3 para ajudar uma "criança no interior de uma viatura que se estava a sentir mal".

O trânsito na A3 foi encerrado cerca das 17:00 de hoje, nos dois sentidos, entre Santo Tirso e a Maia, devido ao incêndio florestal.

O pedido de ambulância foi para o "quilómetro 18,5 da A3", precisou fonte dos Bombeiros de Santo Tirso.

Em declarações à Lusa, o tenente-coronel Silva Ferreira informou que pelas 17:00 foi encerrado o trânsito dos dois sentidos da A3, entre a Maia e santo Tirso, devido aos incêndios florestais que deflagraram na zona da Trofa e Maia.

"O trânsito está a ser desviado e estamos a retirar carros cisterna com combustíveis, porque com o aumento das temperaturas, as coisas podem complicar", tenente-coronel Silva Ferreira.

+ notícias: Norte

Perto de dois mil motociclistas desfilam nas ruas do Porto em protesto

Perto de dois mil motociclistas protestaram este domingo no Porto contra medidas anunciadas pelo Governo sobre inspeções e cartas de condução, num desfile de cerca de 12 quilómetros e duas horas, que começou pelas 16h00, revelou à Lusa a PSP.

Centenas de jovens agricultores queixam-se de falta de apoio e investimento do Governo

Centenas de jovens agricultores estão há três anos à espera de financiamento para projectos já aprovados no âmbito do Plano de Desenvolvimento Rural 2020, sendo que um dos sectores com mais atrasos é o da produção de leite. O Norte do país não é excepção e queixa-se de falta de apoio e investimento por parte do Governo.

Especialistas defendem castração química para agressores sexuais

Vários especialistas defendem a castração química para os agressores sexuais em Portugal. Este tratamento ajuda a diminuir o desejo sexual e só pode ser aplicado com o consentimento do agressor.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.