Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Acidente com avião que combatia chamas em Abrantes, sem feridos a registar

Acidente com avião que combatia chamas em Abrantes, sem feridos a registar
| País
Porto Canal com Lusa

Um avião médio anfíbio que combatia o incêndio em Abrantes embateu esta tarde nas linhas de transporte de eletricidade, na zona de Braçal, tendo feito uma aterragem de emergência e ficado inoperacional, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

"Cerca das 14:00, uma das aeronaves integradas na operação de combate ao incêndio de Abrantes, um avião médio anfíbio Fire Boss, embateu nos fios de eletricidade na zona do Braçal e teve de efetuar uma aterragem de emergência em Proença-a-Nova, tendo ficado com danos que a tornaram inoperacional", disse à agência Lusa Patrícia Gaspar, adjunta nacional de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

"Não há feridos a registar e estamos a efetuar diligências para substituir esta aeronave no teatro de operações. Um helicóptero também perdeu hoje o balde de transporte de água mas não sofreu danos e continua a operar", acrescentou.

O incêndio de Abrantes "continua ativo, com uma frente, e, comparando com o dia de ontem (quinta-feira), tem o teatro de operações mais estabilizado e sem situações críticas em curso", avançou Patrícia Gaspar, tendo afirmado ser "muito difícil" perspetivar a conclusão deste incêndio.

Segundo a porta-voz da ANPC, "as principais dificuldades no terreno prendem-se com o muito calor, vento e reativações, que estão a conseguir ser combatidas pelo dispositivo" presente no local, tendo identificado as localidades de "Braçal, Ribeira da Brunheta, Medroa, Aldeia do Mato e Pucariça" como sendo os locais das reativações das chamas.

O incêndio em Abrantes, no distrito de Santarém, está ativo desde quarta-feira e, cerca das 17:00, estava a ser combatido por 660 operacionais, 215 viaturas e 9 meios aéreos, segundo aquela responsável.

O fogo está a causar o corte de várias estradas na zona, nomeadamente a Estrada Nacional (EN) 3, a EN 358, a Estrada Municipal (EM) 544 e a EM 1212-1.

+ notícias: País

Governo decreta dia de luto nacional na sexta-feira pelas vítimas da queda de árvore na Madeira

O Governo decretou dia de luto nacional na sexta-feira "pela perda irreparável de vidas humanas" na queda de uma árvore no Largo da Fonte, nas festividades de Nossa Senhora do Monte, na Madeira.

A1 esteve cortada nos dois sentidos devido a incêndio de grandes proporções em Aveiro

A autoestrada 1 esteve cortada nos dois sentidos entre Albergaria-a-Velha e o nó de Aveiro - Sul devido a um incêndio de grandes proporções que ainda está a deflagrar na Horta, em Eixo, Aveiro, apurou esta quinta-feira o Porto Canal no local.

Atualizado 17-08-2017 20:01

Sete meios aéreos combatem dois fogos no distrito de Viseu

Sete meios aéreos e cerca de 250 operacionais estão esta quinta-feira à tarde a combater dois incêndios no distrito de Viseu, nos concelhos de Castro Daire e de Resende, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...