Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Dominado fogo que deflagrou terça-feira e hoje se reacendeu em Tábua

| País
Porto Canal com Lusa

Tábua, Coimbra, 09 ago (Lusa) -- O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase de conclusão, mas se reacendeu hoje, está dominado, disse o presidente da Câmara daquela vila do distrito de Coimbra, Mário Loureiro.

O fogo, que teve início na terça-feira, pelas 14:00, na zona de Várzea Candosa, na freguesia de Covas e Vila Nova de Oliveirinha, em povoamento florestal, essencialmente eucaliptal, foi dominado pelas 23:45, depois de ter sido combatido por cerca de 460 operacionais, apoiados por mais de uma centena de viaturas e dez meios aéreos.

Embora se tivessem mantido no terreno meios para trabalhos de rescaldo e prevenção, hoje, pelas 14:22, o incêndio reacendeu-se e o combate às chamas foi "muito complexo, devido ao muito vento no local e às muitas projeções", disse à agência Lusa, cerca das 17:30, Patrícia Gaspar, adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Nessa altura, as chamas estavam a ser combatidas por 424 operacionais, apoiados por 117 viaturas e sete meios aéreos, sendo a maior "preocupação a defesa e proteção dos habitantes de várias pequenas povoações muito dispersas", acrescentou a responsável.

Pelas 19:00, o fogo entrava entrou em fase de resolução, isto é, "sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido", e pelas 21:00 estava "dominado e já quase a entrar em fase de rescaldo", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Tábua, Mário Loureiro.

A diminuição da intensidade do vento, a partir do final da tarde, contribui para "acalmar a situação", tal como aconteceu na terça-feira, dia em que, no entanto, como hoje, foi essencial o trabalho de quem "coordenou as operações e combateu [o incêndio] no terreno", sublinhou o autarca.

De acordo com a página da ANPC na internet, pelas 21:10, o fogo estava em fase de resolução, mobilizando 397 operacionais, apoiados por 113 veículos.

JEF (MYF) // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: País

Governo decreta dia de luto nacional na sexta-feira pelas vítimas da queda de árvore na Madeira

O Governo decretou dia de luto nacional na sexta-feira "pela perda irreparável de vidas humanas" na queda de uma árvore no Largo da Fonte, nas festividades de Nossa Senhora do Monte, na Madeira.

A1 esteve cortada nos dois sentidos devido a incêndio de grandes proporções em Aveiro

A autoestrada 1 esteve cortada nos dois sentidos entre Albergaria-a-Velha e o nó de Aveiro - Sul devido a um incêndio de grandes proporções que ainda está a deflagrar na Horta, em Eixo, Aveiro, apurou esta quinta-feira o Porto Canal no local.

Atualizado 17-08-2017 20:01

Sete meios aéreos combatem dois fogos no distrito de Viseu

Sete meios aéreos e cerca de 250 operacionais estão esta quinta-feira à tarde a combater dois incêndios no distrito de Viseu, nos concelhos de Castro Daire e de Resende, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...