Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Sérgio Conceição: “É um prazer e um privilégio estarmos aqui”

| FC Porto
Porto Canal com fcporto.pt

A primeira conferência de Sérgio Conceição como treinador do FC Porto teve casa cheia no Estádio Azul, no México, onde a equipa vai participar na Supercopa Tecate, com o Cruz Azul, na terça-feira (03h00 de Portugal Continental), e o Chivas, na quinta (01h00 portuguesa).

O treinador considera um privilégio de jogar num país com muitos adeptos portistas e encara os dois jogos particulares como uma oportunidade de os jogadores a “amadurecerem cada vez mais” as ideias de jogo da nova equipa técnica, mas com o pensamento permanente na vitória.

Sérgio também falou sobre a contratação do guarda-redes brasileiro Vaná Alves, que vai tornar a ”luta pela baliza ainda mais competitiva” e que vai reforçar um plantel com o qual diz estar muito satisfeito e que, prometeu, vai dar “muita” luta aos rivais.

Continuar o trabalho
“São jogos frente a duas equipas de um campeonato que está prestes a começar e por isso estão um pouco mais à frente no aspeto físico dos jogadores ou da intensidade de jogo. De qualquer da maneira vimos aqui com o intuito de dar continuidade ao nosso trabalho, amadurecer cada vez mais as nossas ideias de jogo, sempre com pensamento de ganhar, que faz parte do ADN do FC Porto. Essa palavra tem que estar presente no nosso dia-a-dia.”

Um prazer e um privilégio
“No México existem muitos adeptos do FC Porto e é um prazer e um privilégio para nós estar aqui para jogar fazer estes dois jogos, sobretudo com o Chivas, que é treinado pelo meu amigo e antigo colega de equipa, Matías Almeyda.”

Um plantel competitivo e ambicioso
“Têm sido duas semanas de trabalho muito boas. A grande base têm sido jogadores que estavam no clube na época passada. Quero ver alguns jogadores que estiveram emprestados e que acho que têm qualidade e possibilidade de integrar o grupo. Já temos um plantel bem competitivo. Agora, se acharmos que é preciso, nos próximos tempos, ir ao mercado, estou em completa sintonia com a direção e sabemos o que fazer. Neste momento temos 28 jogadores, há qualidade, há uma grande ambição e uma vontade de conseguir os objetivos para esta época. Estou muito satisfeito com o plantel que tenho à disposição.”

O reforço Vaná
“É um guarda-redes que tive a oportunidade e seguir na época passada no Feirense e que pode ter um futuro muito interessante. A contratação não implica nenhuma saída. Contratámo-lo para tornar o lugar na baliza ainda mais competitivo, com mais qualidade. Neste momento, temos o Iker, o Sá, o Vaná e também o João Costa, que renovou há pouco tempo e é um valor do clube. Estamos bem servidos de guarda-redes.”

A situação de Marega
“Teve alguns problemas pessoais... Obviamente que quem me conhece sabe que, por norma, gosto de rigor e de disciplina. Possivelmente não terá uns primeiros tempos muito fáceis, mas penso que se integrará depois e fará parte do grupo.”

A prata da casa
"Mais importante é falar de quem cá está. É óbvio que, em face do momento que o FC Porto atravessa financeiramente, temos de tentar ver ao máximo a qualidade que temos. Muitas das vezes não se dá o valor devido ao que temos em casa. Posso falar do Ricardo, do Hernâni, do próprio Marega, que são jogadores com qualidade para integrar o grupo. Espero que não saia ninguém daquela que foi a base da equipa do ano passado e que conseguiu ser competitiva até final. Passa por aí, com uma outra dinâmica e outras ideias... Acreditem que com estes jogadores vamos dar muita luta aos dois principais rivais. Muitas vezes, não são muitas contratações que trazem qualidade. É importante reforçar, importante equilibrar a equipa e o grupo, nós estamos atentos a isso. Não fecho a porta a nada, mas neste momento estou a trabalhar com os jogadores que tenho, para ver o que o plantel pode precisar ou não para ficar mais equilibrado.”

+ notícias: FC Porto

21 de agosto de 1994: A história de um Pentacampeão

A história começou a 21 de agosto de 1994, no pé direito do saudoso Rui Filipe, e prolongou-se até 22 de maio de 1999, dia em que se cumpriu a etapa decisiva de um percurso sem igual no futebol português: a conquista do Pentacampeonato. Os Dragões festejaram o quinto título consecutivo em pleno balneário do Estádio de Alvalade, antes de um clássico com o Sporting.

Ricardo Pereira: "É fantástico fazer parte da história deste clube"

O defesa direito Ricardo, agora ex-jogador do FC Porto, falou sobre o título conquistado ao serviço dos Dragões e, no momento de definir o que lhe ia na alma após tamanha conquista, o lateral do Leicester admitiu que é para triunfos destes que se trabalha toda uma vida. Não hesitou em apontar a união do grupo e o espírito de família como principal trunfo dos azuis e brancos na caminhada para o 28.º título, algo que sabe não ser fácil de transmitir para o exterior.

Dragões brilham no Regional de verão

Representado por 12 nadadores, o FC Porto esteve em grande plano no Campeonato Regional de verão de Natação Adaptada, que decorreu no passado fim de semana na Piscina Municipal da Póvoa de Varzim. Os Dragões obtiveram um total 26 recordes pessoais, dois recordes nacionais, 22 medalhas em absolutos (8 ouro, 7 prata, 7 bronze) e ainda um primeiro lugar em estafeta.

Atualizado 22-05-2018 15:28

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.