Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Estação móvel de comunicações a caminho de Alijó por falhas no SIRESP

| Norte
Porto Canal com Lusa

Uma estação móvel de comunicações está a caminho de Alijó, distrito de Vila Real, para resolver "falhas pontuais que têm sido sentidas" hoje na rede de comunicações de emergência SIRESP, disse à Lusa a adjunta nacional da Proteção Civil.

Patrícia Gaspar disse à agência Lusa que "as comunicações durante estas falhas foram asseguradas através da Rede Operacional dos Bombeiros (ROB)", um procedimento previsto.

"Quando se estabelece um plano de comunicações num teatro de operações, nunca é feito com exclusividade à rede SIRESP", integrando-se também a ROB, esclareceu.

A estação móvel, que estava estacionada de prevenção no Porto, foi enviada para o combate ao incêndio de Alijó cerca das 18:00 e deverá chegar em breve ao teatro de operações, disse Patrícia Gaspar ao início da noite.

O incêndio na localidade de Vila Chã, concelho de Alijó, começou às 01:55 de hoje e depois de estar dado como dominado reativou-se.

Pelas 20:50 era combatido por 323 bombeiros, apoiados por 97 viaturas e oito meios aéreos.

Crianças e idosos foram retirados da aldeia de Chã, por precaução.

+ notícias: Norte

Incêndio está a consumir área de matéria-prima de fábrica em Fradelos

Um incêndio está a consumir a área de matéria-prima de uma fábrica de produção de pellets de madeira (combustível 100% natural produzidos a partir de serradura de madeira de pinho fresca) em Fradelos, Vila Nova de Famalicão, na tarde desta segunda-feira, disse ao Porto Canal fonte dos Bombeiros Famalicenses.
Atualizado 24-07-2017 18:10

Homem fica em estado grave ao ser atropelado em Resende

Um homem com cerca de 50 anos foi atropelado na manhã desta segunda-feira, na rua Quinta do Eido, junto ao centro escolar em S. Martinho dos Mouros, Resende, tendo ficado em estado grave, disse ao Porto Cana fonte dos Bombeiros Voluntários de Resende.

Norte perdeu mais de 135 mil habitantes numa década

A região Norte de Portugal perdeu, entre 2006 e 2016, mais de 135 mil habitantes, sendo que o saldo migratório negativo explica cerca de 83,3% desta perda populacional, conclui o relatório Norte Estrutura hoje divulgado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS