Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Pedrogão Grande: Marcelo quer evitar, para já, "frente" da discussão de falhas

| País
Porto Canal com Lusa

Góis, Coimbra, 19 jun (Lusa) - Pela terceira vez em dois dias, o Presidente da República pediu que não se arranje "mais uma frente" de combate, com a discussão sobre o que fazer para evitar incêndios como o que começou em Pedrógão Grande.

Primeiro na sua mensagem ao país, no domingo, e hoje, por duas vezes, na sua segunda visita à zona afetada pelos incêndios, pediu para que essa "reflexão" se faça mais tarde.

A fórmula foi idêntica em Avelar (Ansião) e em Cernache do Bonjardim, com Marcelo a pedir que não se faça a discussão por enquanto.

"Estamos no momento de combate em que, a pouco a pouco, vamos conseguindo controlar a situação", disse o chefe de Estado, pedindo que não se junte "mais uma frente" à "frente" de combater as chamas e apoiar as vítimas.

Depois, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa em Avelar, mas também em Cernache, haverá "todo o tempo do mundo para falar de causas, reflexões".

De críticas, Rebelo de Sousa respondeu com um sorriso quando uma jornalista lhe perguntou se não se chateava quando o criticavam por ir distribuir beijos.

Nestes momentos de dor, "os afetos ou chamem-lhe o que quiserem", são necessários.

NS // ZO

Lusa/fim

+ notícias: País

Portugal marca presença na Feira Anual de Indústria Têxtil da Argentina

Portugal foi um dos países europeus que marcou presença na Feira Anual de Indústria Têxtil em Buenos Aires, na Argentina. O objetivo da industria nacional é a exportação de produtos de marca portuguesa para os países da América latina.

Idosa assassinada em Pinhal Novo supostamente pelo filho

Uma mulher de 86 anos foi este domingo assassinada em Pinhal Novo, no concelho de Palmela, distrito de Setúbal, alegadamente pelo filho de 39 anos, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Ciclista gravemente ferido após ser atropelado no concelho de Nelas

Um ciclista ficou este domingo gravemente ferido após ser atropelado no concelho de Nelas, distrito de Viseu, disse à agência fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.