Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Incêndios: Dez meios aéreos e mais de 1.100 bombeiros combatem fogo em Pedrógão Grande

| País
Porto Canal com Lusa

Redação, 19 jun (Lusa) -- O incêndio que lavra em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, estava a ser combatido, às 14:15 de hoje, por mais de 1.100 operacionais, apoiados por 352 viaturas e dez meios aéreos, segundo dados da Proteção Civil.

Além de Pedrógão Grande, existem quatro grandes fogos a lavrar nos distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco, mobilizando um total de cerca de 2.150 operacionais, 654 veículos e 16 meios aéreos no combate aos principais incêndios que lavram em território nacional.

De acordo com a informação divulgada na página na Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), o incêndio que envolve mais recursos no terreno é em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, que deflagrou na tarde de sábado, encontrando-se a ser combatido por 1.124 operacionais, 352 viaturas e dez meios aéreos.

Ainda no distrito de Leiria, o fogo no concelho de Alvaiázere, que deflagrou pelas 20:40 de sábado, continua em curso (incêndio em evolução sem limitação de área) e está a mobilizar 115 bombeiros e 36 veículos.

No distrito de Coimbra, dois grandes fogos mantêm-se em curso nos concelhos de Penela e Góis. A maior ocorrência verifica-se em Góis, com o fogo que deflagrou pelas 15:00 de sábado e que está a ser combatido por 600 bombeiros, auxiliados por 171 veículos. No concelho de Penela, o combate ao fogo que lavra desde as 21:15 de sábado envolve 167 operacionais, 50 viaturas e seis meios aéreos.

Segundo informação da ANPC, no distrito de Castelo Branco, encontra-se em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) o fogo que lavra desde cerca das 18:10 de sábado no concelho de Oleiros, na freguesia de Orvalho, e que está a combatido por 135 operacionais, auxiliados por 45 viaturas.

SYSM // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: País

Pedrógão Grande: Associação de vítimas diz que apoio psicológico em Pedrógão Grande está a falhar

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) denunciou hoje que a resposta psicológica está a falhar no terreno e defendeu um apoio especializado e porta a porta.

PSP e GNR vão ter sala de atendimento a vítimas de violência doméstica

No próximo ano, todas as esquadras da PSP e e postos da GNR vão ter salas de atendimento às vítimas de violência doméstica. Neste momento, mais de 60% têm uma sala própria para o efeito. A APAV diz que a medida é importante, não só para acolher casos de violencia domestica, mas também para outras situaçoes.

"As vozes do silêncio": o livro que promete tirar a 'invisibilidade' dos sem-abrigo

O livro "As Vozes do Silêncio" compila quatro anos de atividade na luta pela cidadania dos sem-abrigo. A obra conta com dezenas de autores, alguns deles com experiência de rua, a viver processos de inclusão, e outros completamente integrados e com reconhecido mérito nas áreas de expressão

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS