Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Incêndios: Dez meios aéreos e mais de 1.100 bombeiros combatem fogo em Pedrógão Grande

| País
Porto Canal com Lusa

Redação, 19 jun (Lusa) -- O incêndio que lavra em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, estava a ser combatido, às 14:15 de hoje, por mais de 1.100 operacionais, apoiados por 352 viaturas e dez meios aéreos, segundo dados da Proteção Civil.

Além de Pedrógão Grande, existem quatro grandes fogos a lavrar nos distritos de Leiria, Coimbra e Castelo Branco, mobilizando um total de cerca de 2.150 operacionais, 654 veículos e 16 meios aéreos no combate aos principais incêndios que lavram em território nacional.

De acordo com a informação divulgada na página na Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), o incêndio que envolve mais recursos no terreno é em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, que deflagrou na tarde de sábado, encontrando-se a ser combatido por 1.124 operacionais, 352 viaturas e dez meios aéreos.

Ainda no distrito de Leiria, o fogo no concelho de Alvaiázere, que deflagrou pelas 20:40 de sábado, continua em curso (incêndio em evolução sem limitação de área) e está a mobilizar 115 bombeiros e 36 veículos.

No distrito de Coimbra, dois grandes fogos mantêm-se em curso nos concelhos de Penela e Góis. A maior ocorrência verifica-se em Góis, com o fogo que deflagrou pelas 15:00 de sábado e que está a ser combatido por 600 bombeiros, auxiliados por 171 veículos. No concelho de Penela, o combate ao fogo que lavra desde as 21:15 de sábado envolve 167 operacionais, 50 viaturas e seis meios aéreos.

Segundo informação da ANPC, no distrito de Castelo Branco, encontra-se em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) o fogo que lavra desde cerca das 18:10 de sábado no concelho de Oleiros, na freguesia de Orvalho, e que está a combatido por 135 operacionais, auxiliados por 45 viaturas.

SYSM // JPF

Lusa/Fim

+ notícias: País

Sindicato entrega petição a presidente da Assembleia da República contra encerramentos dos CTT

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTC) entrega esta quarta-feira uma petição, com 8.600 assinaturas, ao presidente da Assembleia da República contra o encerramento de 22 estações, no âmbito de um plano de reestruturação da empresa.

Quercus alerta para "potencial cancerígeno" no material que está a substituir amianto nas escolas

O material que está a substituir o amianto nas escolas é "pontencialmente cancerígeno" e inflamavel. O alerta é da Associação Ambientalista Quercus.

Número de mortos na sequência de incêndio em Tondela sobe para nove

Um homem morreu hoje no Hospital de São João, Porto, na sequência do incêndio de sábado em Vila Nova da Rainha, Tondela, elevando para nove o número de vítimas mortais do sinistro, disse fonte hospitalar.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.