Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Governo indica antigo administrador da Groundforce para presidente da CP

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 19 jun (Lusa) -- O Governo anunciou hoje que indicou o antigo administrador da Groundforce, Carlos Gomes Nogueira, para presidente da CP para os próximos três anos, substituindo no cargo Manuel Queiró.

Em comunicado, o gabinete do ministro do Planeamento e das Infraestruturas explica que o Governo solicitou à Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) os necessários pareceres com vista à nomeação do Conselho de Administração da CP para o mandato 2017-2020.

Caberá agora à comissão pronunciar-se sobre a nomeação.

O Conselho de Administração indicado terá como presidente Carlos Gomes Nogueira e como vogais Sérgio Abrantes Machado e Ana dos Santos Malhó.

Carlos Gomes Nogueira é licenciado em Gestão e era até agora administrador executivo da Europartners, tendo, entre 2011 e 2014, desempenhado funções executivas na Groundforce. Foi também fundador e dirigente da Confederação do Turismo Português e membro do Conselho Diretivo do ISCTE.

Sérgio Abrantes Machado é licenciado em Engenharia Eletrotécnica e era até agora diretor-geral da Empresa de Manutenção e Equipamento Ferroviário (EMEF), na qual também integrou o Conselho de Administração e desempenhou diversas funções na TAP.

Ana dos Santos Malhó é licenciada em Administração e Gestão de Empresas e integrava, desde 2013, o Conselho Diretivo da EMEF. Foi também vogal do Conselho Fiscal da CP Carga e diretora financeira da CP.

O novo Conselho de Administração da CP, lê-se no documento, "terá como prioridades o desenvolvimento de uma política que contribua para a coesão territorial do país, a renovação estratégica do material circulante e a reestruturação orgânica da empresa".

ICO // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Desemprego, saneamento e o envelhecimento da população foram os principais temas no debate de Ponte de Lima

Manuel Barros, Vitor Mendes, João Gomes, Filipe Viana e Abel Baptista estiveram presentes no Porto Canal a debater essencialmente questões ligadas ao desemprego, o saneamento e o envelhecimento da população.

Passos diz que Governo deu razão a Cavaco e que "retóricas mentirosas têm perna curta"

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou este domingo que o Governo "demorou duas semanas a dar razão" ao ex-Presidente da República Cavaco Silva e defendeu que "as retóricas mentirosas" têm um prazo de validade curto.

Cristas diz folgar em saber que Costa quer "acordar para a dívida"

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defendeu este domingo que o primeiro-ministro, António Costa, "finalmente, parece querer acordar para a dívida", cujos níveis elevados não mereceram ação consistente nem preocupação do Governo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...