Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Reposta circulação rodoviária no Túnel do Marão nos dois sentidos

| Norte
Porto Canal com Lusa

A circulação rodoviária no Túnel do Marão, no sentido Amarante -- Vila Real, encerrada desde 11 de junho devido a um incêndio, foi reposta ao trânsito, que passou a circular nos dois sentidos, anunciou este domingo a Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com um comunicado da entidade, o incêndio provocou alguns danos ao nível da infraestrutura e dos sistemas de segurança e monitorização, obrigando, na altura, à suspensão da circulação em ambos os sentidos no túnel.

No domingo de 11 de junho, um incêndio de um autocarro com 20 passageiros da empresa Rodonorte, dentro do Túnel do Marão, ao quilómetro 74 da autoestrada do Marão, entre Amarante e Vila Real, obrigou ao corte do trânsito em ambos os sentidos, sem causar vítimas.

Na segunda-feira seguinte, o trânsito no túnel foi reaberto no sentido Vila Real - Amarante.

De acordo com a IP, os trabalhos realizados envolveram, entre outros, a reparação e limpeza das superfícies de betão, a repavimentação de uma secção com cerca de 100 metros de comprimento e a reparação e substituição, total ou de alguns componentes, dos equipamentos e sistemas de segurança, iluminação e comunicações instalados.

Executadas estas intervenções, seguiram-se as fases de vistoria e certificação realizadas pelas entidades competentes, acrescenta, no comunicado.

Na sequência do sinistro, o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) a abertura de um inquérito ao incidente.

O Túnel do Marão, que liga Amarante, no distrito do Porto, a Vila Real, abriu em maio do ano passado e tem duas galerias gémeas, cada uma com duas faixas de rodagem, e com um comprimento de 5.665 metros.

O incêndio com o autocarro de passageiros foi o primeiro acidente do género, em dimensão, ocorrido num túnel em Portugal.

+ notícias: Norte

ONG alerta para a má qualidade da água na praia de Matosinhos

A organização não-governamental ambiental Surf Rider Foundation alerta para a má qualidade da água na praia de Matosinhos. Têm sido várias as denúncias e por isso, desde o ano passado, a organização tem recolhido análises através de fundos próprios duas vezes por mês.

Forte agitação marítima obriga a corte da avenida D. Carlos I na foz do Porto

A câmara do Porto informou esta quarta-feira que a avenida D. Carlos I, na Foz, está cortada devido ao Aviso Laranja emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o qual alerta para a forte agitação marítima.

Amarante: ONG torna vida de uma menina com paralisia cerebral um pouco mais simples

Mariana, tem paralisia cerebral e tem agora uma casa de banho adaptada às necessidades. Isto graças à organização sem fins lucrativos 'Habitat for Humanity Portugal' que entregou duas novas obras, desta vez em Amarante.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.