Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Morreu fundador do PSD, Carlos Macedo

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 jun (Lusa) - O PSD manifestou o seu pesar pela morte do antigo dirigente e fundador do partido Carlos Macedo, que morreu hoje aos 80 anos, e recordou a sua "militância ativa e influente desde a primeira hora".

"O PSD expressa o seu pesar pelo falecimento, que hoje ocorreu, do dr. Carlos Matos Chaves Macedo, recordando a militância ativa e influente do antigo dirigente do partido, desde a primeira hora", referem os sociais-democratas, em comunicado.

De acordo com a nota do PSD, Carlos Matos Chaves Macedo foi eleito vogal da Comissão Política Nacional do PSD, no I Congresso Nacional, em novembro de 1974.

Fez parte do grupo que saiu do partido no Congresso de Aveiro, tendo regressado ao PSD no Congresso de julho de 1978, quando Sá Carneiro retomou a liderança do partido.

No VII Congresso Nacional, em junho de 1979, voltou a ser escolhido para a Comissão Política Nacional.

Foi depois ministro dos Assuntos Sociais, durante o VII Governo Constitucional, entre 9 de janeiro e 3 de agosto de 1981 e, em fevereiro desse mesmo ano, Carlos Macedo é eleito vice-presidente da Comissão Política Nacional do PSD, no VIII Congresso Nacional, após a morte do então líder e primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro.

"O PSD recorda a participação ativa e de grande relevo do dr. Carlos Macedo durante um momento fundamental da vida interna do Partido. A família social-democrata presta homenagem ao homem, político e médico", refere o comunicado dos sociais-democratas, que enviam ainda condolências à família.

SMA // ATR

Lusa/fim

+ notícias: Política

António Costa diz que Governo está com "total abertura" para comissão independente pedida por PSD

O primeiro-ministro, António Costa, assegurou hoje haver do Governo "total abertura" para colaborar em "qualquer proposta de comissão técnica independente" criada pelo parlamento sobre a tragédia recente em Pedrógão Grande.

Bloco de Esquerda quer que novas regras dos recibos verdes sejam impostas em outubro

O Bloco de Esquerda (BE) quer que as novas alterações ao regime dos recibos verdes sejam impostas em outubro, mês em que normalmente é definido o escalão anual de desconto dos trabalhadores independentes, avança esta terça-feira o Jornal Económico.

PSD, PS e CDS-PP convergem na regulação do 'lobby', BE e PCP contra

Lisboa, 22 jun (Lusa) - PSD e PS manifestaram-se hoje favoráveis à regulação da representação de interesses, admitindo os sociais-democratas apresentaram um projeto próprio, que os socialistas também deverão ter, mas contando com a objeção do BE e do PCP.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS