Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Morreu fundador do PSD, Carlos Macedo

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 18 jun (Lusa) - O PSD manifestou o seu pesar pela morte do antigo dirigente e fundador do partido Carlos Macedo, que morreu hoje aos 80 anos, e recordou a sua "militância ativa e influente desde a primeira hora".

"O PSD expressa o seu pesar pelo falecimento, que hoje ocorreu, do dr. Carlos Matos Chaves Macedo, recordando a militância ativa e influente do antigo dirigente do partido, desde a primeira hora", referem os sociais-democratas, em comunicado.

De acordo com a nota do PSD, Carlos Matos Chaves Macedo foi eleito vogal da Comissão Política Nacional do PSD, no I Congresso Nacional, em novembro de 1974.

Fez parte do grupo que saiu do partido no Congresso de Aveiro, tendo regressado ao PSD no Congresso de julho de 1978, quando Sá Carneiro retomou a liderança do partido.

No VII Congresso Nacional, em junho de 1979, voltou a ser escolhido para a Comissão Política Nacional.

Foi depois ministro dos Assuntos Sociais, durante o VII Governo Constitucional, entre 9 de janeiro e 3 de agosto de 1981 e, em fevereiro desse mesmo ano, Carlos Macedo é eleito vice-presidente da Comissão Política Nacional do PSD, no VIII Congresso Nacional, após a morte do então líder e primeiro-ministro Francisco Sá Carneiro.

"O PSD recorda a participação ativa e de grande relevo do dr. Carlos Macedo durante um momento fundamental da vida interna do Partido. A família social-democrata presta homenagem ao homem, político e médico", refere o comunicado dos sociais-democratas, que enviam ainda condolências à família.

SMA // ATR

Lusa/fim

+ notícias: Política

Salvador Malheiro não está preocupado com a polémica da 'carrinha' no dia das eleições do PSD

Salvador Malheiro diz que não está preocupado com o facto de alguns militantes social-democratas terem sido transportados para as urnas por uma carrinha de uma associação local. O caso foi denunciado pelo jornal online Observador, após as eleições diretas do partido. O diretor nacional de campanha de Rui Rio desvaloriza a acusação de caciquismo em Ovar.

Governo e sindicatos da Função Pública discutem esta terça-feira acordo negocial para 2018

Governo e sindicatos da Administração Pública têm esta terça-feira a primeira reunião do ano e vão discutir um acordo para a negociação coletiva, um diploma sobre segurança no trabalho e o processo de descongelamento de carreiras.

Segurança Social prestou 7.400 atendimentos e atribuiu 4ME em apoios às vítimas dos incêndios

A Segurança Social prestou, entre 15 de outubro e 31 de dezembro, quase 7.400 atendimentos às vítimas dos incêndios da região Centro e atribuiu 63 mil euros em apoios imediatos e 3,9 milhões de euros a seis mil agricultores.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.