Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Gulbenkian cria fundo com dotação inicial de 500 mil euros para a região de Pedrógão Grande

| País
Porto Canal com Lusa

A Fundação Calouste Gulbenkian decidiu constituir um fundo especial de 500 mil euros, para apoio às organizações da sociedade civil da região de Pedrógão Grande, afetada pelos incêndios deste fim de semana.

Em comunicado, a Fundação informou que os 500 mil euros são a dotação inicial do fundo, e servem para "ajudar a minimizar as consequências" dos incêndios e da tragédia que afetou os municípios de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, onde morreram pelo menos 61 pessoas.

"Em contacto com a União das Misericórdias Portuguesas, a Fundação está neste momento a acompanhar e a avaliar a situação no terreno", indica a nota hoje divulgada.

A Fundação Calouste Gulbenkian aproveitou ainda para expressar o seu pesar pelas vítimas dos incêndios.

O fogo em Pedrógão Grande, que causou pelo menos 61 mortos, deflagrou ao início da tarde de sábado numa área florestal em Escalos Fundeiros, em Pedrógão (distrito de Leiria), e alastrou-se aos municípios vizinhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, obrigando a evacuar povoações ou deixando-as isoladas.

+ notícias: País

População de freguesia de Aveiro revoltada com a falta de cuidados médicos na região

A freguesia de Nossa Senhora de Fátima, em Aveiro, foi alvo de uma manifestação por parte dos utentes da extensão de saúde sendo que em causa está a falta de cuidados médicos primários. O presidente da junta culpa o Diretor Executivo do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga pela redução dos serviços.

Vários hospitais em risco de fechar serviços por falta de enfermeiros

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) advertiu esta terça-feira que além do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, há vários hospitais que poderão vir a encerrar serviços porque o Governo não autoriza a contratação de enfermeiros.

Retomadas buscas para encontrar pescador desaparecido na praia do Malhão

A autoridades retomaram ao início da manhã desta terça-feira as buscas para encontrar o homem que desapareceu no domingo na praia do Malhão, Vila Nova de Milfontes (Beja), disse à Lusa fonte da Capitania do Porto de Sines.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.