Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Trabalhadores da Eurest convocam greve nacional para dia 21 de junho

Trabalhadores da Eurest convocam greve nacional para dia 21 de junho
| País
Porto Canal

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, áreas de serviço e bares concessionados explorados pela Eurest vão estar em greve nacional no próximo dia 21 de junho avança este domingo em comunicado o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte.

"A greve terá feitos na prestação do serviço de refeições em hospitais, escolas, centros de formação, fábricas industriais e outras instituições e empresas, designadamente no IPO Porto, Hospital de Penafiel, cantinas escolares dos municípios do Porto e Gondomar, bares dos centros de formação, Unicer, Sonae, Continental Mabor e RTP", indica o comunicado.

A Eurest foi a única empresa das cantinas que não deu aumentos salariais depois da greve realizada no setor, no dia 15 de maio, sendo que os trabalhadores da Eurest não são aumentados desde 2010.

+ notícias: País

Trabalhadores do Infarmed assinalam aniversário vestidos de luto contra ida para o Porto

Dezenas de trabalhadores do Infarmed assistiram hoje às cerimónias do 25.º aniversário deste instituto vestidos de negro, em protesto contra a anunciada deslocalização para o Porto, manifestando-se dispostos a provar que a medida é um erro.

Sismo de 4,9 com epicentro a oito quilómetros de Arraiolos sentido em Portugal continental

Um sismo de magnitude 4,9 na escala de Richter com epicentro a cerca de oito quilómetros Norte-Nordeste de Arraiolos foi hoje sentido em Portugal continental, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

População de Tondela consternada com tragédia depois dos incêndios de outubro

População de Tondela consternada com tragédia deste sábado à noite que provocou oito mortos e 38 feridos num incêndio e recorda os incêndios de outubro

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.