Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Polícia moçambicana registou 64 casos de sequestro em dois anos

| Mundo
Fonte: Agência Lusa

Maputo, 05 dez (Lusa) - A polícia moçambicana registou 64 casos de sequestro entre julho de 2001 e setembro de 2013, anunciou hoje o ministro do Interior de Moçambique, Alberto Mondlane.

Falando no parlamento, Mondlane considerou que os sequestros são um fenómeno novo "que chocaram profundamente a sociedade moçambicana, mas defendeu como "satisfatório" o trabalho da polícia na sua resolução.

"Mais casos serão levados a tribunal", prometeu o ministro, sem mencionar o facto de entre seis pessoas condenadas recentemente por sequestros estarem três polícias.

"As investigações mostram que o motivo para estes crimes é a acumulação fabulosa de dinheiro", disse Mondlane, que acrescentou: "Há redes de crime organizado que penetraram os sistemas financeiro, policial e judicial".

Números compilados pela Lusa referem que desde setembro foram raptadas onze pessoas, entre as quais quatro portugueses, estando um deles ainda em cativeiro.

LAS // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

PR angolano regressou hoje a Luanda após tratamento médico em Espanha

Luanda, 29 mai (Lusa) - O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, de 74 anos, regressou hoje a Luanda, após uma ausência de 28 dias em Espanha, onde habitualmente recebe tratamento médico, período que ficou marcado pelas dúvidas sobre o seu estado de saúde.

Novas perturbações em voos da British Airways com partida de Heathrow

Londres, 29 mai (Lusa) - A companhia British Airways anunciou hoje atrasos e cancelamentos de voos com partida do aeroporto de Heathrow, em Londres, pelo terceiro dia consecutivo depois de uma avaria informática.

Secretário dos EUA diz que contactos de genro de Trump com a Rússia podem ser "uma coisa boa"

Washington, 29 mai (Lusa) -- O secretário para a Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kelly, considerou que a alegada tentativa de Jared Kushner, genro de Donald Trump, para estabelecer um canal de comunicações com Moscovo pode ser "uma coisa boa".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS