Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Polícia moçambicana registou 64 casos de sequestro em dois anos

| Mundo
Fonte: Agência Lusa

Maputo, 05 dez (Lusa) - A polícia moçambicana registou 64 casos de sequestro entre julho de 2001 e setembro de 2013, anunciou hoje o ministro do Interior de Moçambique, Alberto Mondlane.

Falando no parlamento, Mondlane considerou que os sequestros são um fenómeno novo "que chocaram profundamente a sociedade moçambicana, mas defendeu como "satisfatório" o trabalho da polícia na sua resolução.

"Mais casos serão levados a tribunal", prometeu o ministro, sem mencionar o facto de entre seis pessoas condenadas recentemente por sequestros estarem três polícias.

"As investigações mostram que o motivo para estes crimes é a acumulação fabulosa de dinheiro", disse Mondlane, que acrescentou: "Há redes de crime organizado que penetraram os sistemas financeiro, policial e judicial".

Números compilados pela Lusa referem que desde setembro foram raptadas onze pessoas, entre as quais quatro portugueses, estando um deles ainda em cativeiro.

LAS // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Pelo menos 24 civis mortos e 42 feridos em atentado suicida em Cabul

Pelo menos 24 civis morreram e outros 42 ficaram feridos num atentado suicida hoje, com um veículo armadilhado numa rua perto de uma área residencial, onde vivem dirigentes afegãos, no oeste de Cabul.

Emigrante lusodescendente morre após despiste de carro em Espanha

Um emigrante lusodescendente residente em França, morreu na passada sexta-feira após um despiste de carro, no município de Burgos, em Espanha, sendo que os seus cinco filhos que também circulavam no automóvel ainda se encontram em estado grave, apurou este domingo o Porto Canal com fonte das Comunidades Portuguesas.

Oito mortos e 28 feridos encontrados num camião nos EUA em possível caso de tráfico humano

Oito mortos e 28 feridos foram encontrados este domingo no interior de um camião num parque de estacionamento de Santo António, nos EUA, anunciaram as autoridades, referindo-se ao sucedido como um caso de tráfico humano.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS