Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Número de casais inscritos no IEFP baixa 17,8% em abril em termos homólogos

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 22 mai (Lusa) -- O número de casais em que ambos os cônjuges estão inscritos nos centros de emprego desceu 17,8% em abril em termos homólogos e 3,6% face a março, para 9.982, foi hoje divulgado.

De acordo com a informação disponível na página do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), em abril, do total de desempregados casados ou em união de facto, 19.964 (10,5%) têm também registo de que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desempregado no serviço de emprego.

Assim, no final de março, o número de casais em que ambos os cônjuges estão registados como desempregados era de 9.982, menos 17,8% (o equivalente a 2.160 casais) do que no mês homólogo e menos 3,6% (372 casais) do que no mês anterior.

No final de abril, estavam registados nos Serviços de Emprego do Continente 422.249 desempregados, dos quais 45,2% eram casados ou viviam em situação de união de facto, perfazendo um total de 191.023.

Em termos globais, e segundo dados também hoje divulgados pelo IEFP, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixou 20% em abril, face a igual mês de 2016, para 450.961 pessoas, representando a maior redução em termos homólogos desde que há registo.

A redução (correspondente a 112 mil pessoas), que ultrapassou a registada no mês de março (18%), coloca o desemprego registado ao nível de janeiro de 2009, alcançando-se a maior diminuição homóloga do desemprego registado desde que há registo (1989).

Em relação ao mês anterior, o número de desempregados registados diminuiu 4,4%, o que representa menos 20,5 mil pessoas.

ICO// ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Deco diz que os passageiros da Ryanair têm direito a indemnização até 400 euros por cancelamento

A associação Deco alerta os passageiros da Ryanair do direito a indemnizações até aos 400 euros por viagem cancelada, além do reembolso ou remarcação da viagem e refeições/alojamento, e apela à intervenção do regulador da aviação.

Venda de bebidas açucaradas caiu mais de 25% em apenas meio ano

Em apenas seis meses, a venda de bebidas mais açucaradas caiu mais de 25%. O Ministério da Saúde aplaude os resultados mas quer ir mais longe e vai por isso alargar a proibição destes produtos também a bares e cantinas dos hospitais.

Portos comerciais do Continente conseguem volume de tráfego mais elevado de sempre até julho

O volume de tráfego portuário nos portos comerciais do continente atingiu entre janeiro e julho o valor mais elevado de sempre, chegando às 57 milhões de toneladas, mais 7,1% do que em igual período de 2016.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...