Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Número de beneficiários de prestações de desemprego cai 13% em abril

Número de beneficiários de prestações de desemprego cai 13% em abril
| Economia
Porto Canal com Lusa

A Segurança Social pagou em abril deste ano prestações de desemprego a 211431 beneficiários, mais 173 beneficiários (0,10%) do que em março, mas menos 30738 (12,7%) face a abril de 2016, foi esta sexta-feira divulgado.

De acordo com dados estatísticos disponibilizados na página da Segurança Social na internet, no quarto mês deste ano foram processadas 211.431 prestações de desemprego, quando em março tinham sido processadas 211.258.

As prestações de desemprego incluem o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial e o subsequente, o prolongamento do subsídio social de desemprego e a medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração.

De resto, no final de abril havia 1.070.529 titulares do abono de família, menos 5% face ao mesmo mês de 2016.

Os beneficiários de subsídio de doença ascenderam no período a 156.109, quase mais 20% do que em abril do ano passado.

Já o número de beneficiários de prestações de parentalidade avançou 17% em termos homólogos para 40.901 em abril.

O número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) cresceu 2% para 214.220 e o número de beneficiários do Complemento Solidário para Idosos (CSI) também subiu 2% para 165.075.

Por fim, o número de beneficiários de Pensões de Velhice aumentou ligeiramente (0,3%) para 2.031.827.

+ notícias: Economia

Associação pensionistas defende eliminação da comissão de conta da CGD

A Associação de Pensionistas e Reformados (APRe!) defendeu esta terça-feira a eliminação de qualquer taxa de manutenção sobre as contas dos reformados da Caixa Geral de Depósitos e a reversão do encerramento de agências bancárias no interior do país.

Novo Banco lança operação de recompra de obrigações para poupar 500ME

O Novo Banco lançou esta terça-feira uma oferta de recompra de dívida própria, com que prevê conseguir poupanças de 500 milhões de euros, uma operação essencial para que seja concretizada a venda do banco ao fundo norte-americano Lone Star.

Associação de Agências de Viagem interpõe providência cautelar contra decisão da IATA

Lisboa, 26 jul (Lusa) - A Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo (APAVT) interpôs uma providência cautelar contra uma decisão da Associação Internacional de Transportes (IATA) que obriga as agências a fazer os pagamentos de vendas de bilhetes de avião ao Deutsche Bank.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS