Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Atividade económica aumenta em abril e consumo privado permanece estável

| Economia
Porto Canal com Lusa

Redação, 19 mai (Lusa) -- A atividade económica aumentou em abril pelo sexto mês consecutivo, enquanto o consumo privado se manteve "relativamente inalterado", de acordo com os indicadores coincidentes divulgados hoje pelo Banco de Portugal (BdP).

Segundo os dados do BdP, o indicador coincidente mensal para a atividade económica fixou-se nos 2,5% em abril, depois dos 2,1% de março e 1,7% de fevereiro e "prolongando a tendência observada desde o quarto trimestre do ano transato".

Já o indicador coincidente mensal para o consumo privado fixou-se nos 2,5% em abril, mantendo-se "relativamente inalterado" desde o início do ano.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

PD // ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Défice melhora 1.901 milhões de euros até agosto

O défice das administrações públicas foi de 2.034 milhões de euros até agosto, uma "melhoria de 1.901 milhões" face ao mesmo período de 2016, segundo o Governo, que justifica com aumento superior a 4% da receita.

Hospitais e centros de saúde com dívida de mais de 37 ME devido à falta de pagamento de taxas moderadoras

Até julho, os hospitais e centros de saúde tinham uma dívida de mais de 37 milhões de euros devido à falta de pagamento de taxas moderadoras. O valor aumentou desde do fim do ano passado e há até unidades de saúde que estão a permitir o pagamento em prestações das taxas.

Bolsa em Wall Street segue em alta ao início da sessão

Nova Iorque, 26 set (Lusa) -- A bolsa de Nova Iorque seguia hoje em alta, ao início da sessão, a poucas horas da presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, Janet Yellen, discursar sobre inflação, incerteza e política monetária.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...