Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Presidente Xi diz que China está disposta a recuperar relação com Seul

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Pequim, 19 mai (Lusa) -- O Presidente chinês assegurou hoje ao novo enviado sul-coreano para as relações com Pequim, Lee Hae-chan, que está disposto a devolver as relações bilaterais "à normalidade", após tensões pela instalação do sistema antimísseis THAAD.

Num encontro, em Pequim, Xi Jinping sublinhou a Lee a importância dos laços bilaterais e esperou que a China e a Coreia do Sul possam "salvaguardar os avanços [na relação bilateral] alcançados com tanto esforço", noticiou a agência oficial chinesa Xinhua.

No Grande Palácio do Povo de Pequim, o Presidente chinês pediu a consolidação da confiança mútua e gestão das diferenças dos dois países para que possam recuperar a relação, "com base no entendimento e respeito mútuo", em breve.

Lee, recém-nomeado como enviado especial para a China pelo novo Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, reuniu-se na quinta-feira com o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi.

Wang pediu a Lee que Seul elimine "os obstáculos" que afetam as relações, sobretudo o sistema antimísseis norte-americano THAAD.

Tal dispositivo foi posto em funcionamento em território sul-coreano contra um hipotético ataque da Coreia do Norte, em plena escalada da tensão na península.

A China e a Rússia opõem-se à instalação deste sistema por temer que os sofisticados radares possam oferecer a Washington informação sobre bases militares.

A aceleração da instalação do THAAD, no início de março, traduziu-se num boicote não declarado às empresas sul-coreanas presentes na China, como a cadeia de supermercados Lotte, que trocou terrenos com o Governo de Seul para a instalação do dispositivo.

As vendas na China dos fabricantes sul-coreanos de automóveis Hyundai e Kia registaram quebras, além de protestos por parte da população.

ISG // EJ

Lusa/fim

+ notícias: Mundo

Pelo menos 23 mortos em ataque contra autocarro de cristãos coptas no Egito

Pelo menos 23 pessoas morreram e 25 ficaram feridas hoje no Egito num ataque de homens armados a um autocarro que transportava cristãos coptas, informou o porta-voz do Ministério da Saúde, Khaled Mujahid.

Ex-primeiro-ministro grego Lucas Papademos ferido em explosão de engenho

O antigo primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, ficou hoje ferido com gravidade após a explosão de uma carta armadilhada no interior do seu carro, que circulava no centro de Atenas, segundo autoridades locais.

Presidente do Brasil revoga decreto que autorizava uso de militares nas ruas de Brasília

O Presidente do Brasil, Michel Temer, revogou hoje um decreto que autorizava o uso de tropas das Forças Armadas em Brasília.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS