Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Deputados do PSD pedem ao Governo a "construção imediata" do IC35 em Penafiel

| Política
Porto Canal com Lusa

Penafiel, Porto, 21 abr (Lusa) - O grupo parlamentar do PSD entregou hoje na Assembleia da República um projeto de resolução que pede "a construção imediata" do IC35 ligando Penafiel a Entre-os-Rios", anunciou hoje aquele partido.

"Apesar da promessa do Governo socialista liderado por José Sócrates, esta importante obra para toda a população da região do Vale do Sousa e Baixo Tâmega tem vindo a ser sucessivamente adiada pelos executivos socialistas", lê-se num comunicado envido à Lusa.

Os deputados do PSD referem que "o Governo sabe da importância desta infraestrutura para responder às necessidades de mobilidade desta comunidade, mas nada faz e nada responde".

No comunicado, os social-democratas recordam que em dezembro, numa comissão parlamentar, questionaram o ministro do Planeamento e das infraestruturas sobre a matéria e que o governante terá justificado o adiamento desta intervenção com a existência de um estudo de impacto ambiental desfavorável.

Contudo, segundo o PSD, um ofício enviado em junho do ano passado pela Infraestruturas de Portugal à Câmara de Penafiel aponta a falta de financiamento como motivo de suspensão.

"Entre a palavra do ministro do Planeamento e das Infraestruturas e a Infraestruturas de Portugal há nitidamente muitas diferenças", sustentam os deputados da oposição, criticando o governo por ter cancelado o IC35 e retirando a verba de 12 milhões de euros que estava prevista para a obra pelo anterior executivo.

"Após um ano e meio do anúncio do cancelamento desta importante obra, o Governo nada fez, continuando a colocar o IC35 na gaveta, mas o PSD continuará a lutar pelos interesses desta população", conclui-se no comunicado enviado hoje à Lusa.

APM // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Política

Lei garante que trabalhadores do Infarmed podem recusar ir para o Porto, diz Fesap

O secretário-geral da Federação dos Sindicatos da Administração Pública (FESAP) disse hoje que os trabalhadores do Infarmed não podem ser obrigados a mudar-se para o Porto e que os que aceitarem fazê-lo têm direito a receber dinheiro pelas despesas de deslocação.

Aprovado aumento extraordinário de 6 ou 10 euros nas pensões

Os deputados aprovaram hoje na especialidade o aumento extraordinário das pensões, de seis ou de 10 euros, que começará a ser pago em agosto do próximo ano.

Eurico Castro Alves elogia a ida do Infarmed para o Porto

O médico Eurico Castro Alves, recentemente envolvido na Comissão de Candidatura da ida da EMA para a cidade do Porto, afirma que a ida do Infarmed é "uma boa notícia" para o Porto e para Portugal porque, para o médico, esta medida é "um sinal" que o Governo pretende "aplicar os recursos de uma forma distribuida, equitativa e organizada".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS