Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Castelo Branco homenageia Zeca Afonso com festival em Malpica do Tejo

| País
Porto Canal com Lusa

Castelo Branco, 21 abr (Lusa) - O Festival José Afonso que decorre a 30 de abril e 01 de maio, em Malpica do Tejo, recebe este ano 30 artistas e bandas, destacando-se a Filarmónica de Grândola e o sobrinho do cantor, João Afonso, foi hoje anunciado.

O 4.º Festival José Afonso - "Traz outro amigo também...", vai ter este ano dois dias, pela primeira vez, sendo que começa no dia 30 de abril, às 14:00, destacando-se a presença da Banda Filarmónica de Grândola que, em 1964, convidou Zeca Afonso para as suas comemorações e, três dias depois, então, o músico português respondeu com "Grândola Vila Morena".

"Vamos na quarta edição e este é um festival que está a ganhar raízes e começa a ter uma procura imensa de pessoas que se deslocam a Malpica do Tejo nestes dias", afirmou hoje em conferência de imprensa o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

O festival, que teve a sua primeira edição em 2014, é organizado pela Casa do Povo da freguesia raiana, com o apoio da Junta de Freguesia e do Município de Castelo Branco.

O objetivo passa por valorizar o património imaterial da freguesia de Malpica do Tejo, no concelho e distrito de Castelo Branco, e preservar a memória e homenagear o artista.

"O festival é, no fundo, também uma homenagem à história de Malpica. Todos sabemos a relação que Zeca [Afonso] teve com Malpica do Tejo e as canções que ali foi buscar", sublinhou o autarca.

Zeca, como carinhosamente é recordado, palmilhou o território daquela freguesia raiana, na década de 60 do século XX, onde recolheu inúmeras peças e reportório do cancioneiro da Beira Baixa, tal como Maria Faia.

Luís Correia adiantou ainda que este evento anual está integrado na política cultural do município que é também estendida às freguesias.

"Além do aspeto cultural, mostramos também a nossa aposta na dinamização social, cultural e económica nas freguesias do concelho. Comemoramos Zeca Afonso, mas também Malpica e Castelo Branco", sustentou.

Já o presidente da Junta de Freguesia de Malpica do Tejo, José Galvão, apresentou o programa para os dois dias do festival, destacando a presença do sobrinho de Zeca Afonso, João Afonso, e a sua banda, que desde a primeira edição tem marcado presença.

Este ano, outra das novidades é a presença da Banda Filarmónica de Grândola no primeiro dia do festival e a presença, no dia 01 de maio, do presidente da Associação Zeca Afonso, Francisco Fanhais.

Desde o ano passado, o evento internacionalizou-se e nesta edição marcam presença vários artistas espanhóis, como Ana Andaluz Caballero, Jaime Lafuente e Jesús Ronda.

CAYC // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: País

Associação perplexa com organismo que recomenda suspensão da pesca da sardinha por 15 anos

O presidente da Associação de Produtores da Pesca do Cerco disse hoje estar "perplexo" com a recomendação do organismo científico sobre a suspensão da pesca da sardinha por 15 anos, considerando que é um "cenário apocalíptico" e injustificado.

Cresce a polémica em volta da chama 'lei da rolha' nas comunicações nos incêndios

Está instalada a polémica em torno da chamada 'lei da rolha'. A concentração das comunicações sobre os incêndios em Lisboa está a gerar criticas e desconforto. A Associação de Bombeiros Voluntários e a Liga Portuguesa de Bombeiros acusam a Autoridade Nacional de Proteção Civil de desrespeitar a classe. Mas a Proteção Civil rejeita que esteja a ser aplicada a chamada 'lei da rolha' e acrescenta que a metodologia diz apenas respeito aos comandantes do organismo.

Associações Quercus e Acréscimo: prevenção dos incêndios custaria 165 milhões ano, prejuízos custam mil milhões

A prevenção de incêndios florestais custaria por ano 165 milhões de euros, quando os prejuízos resultantes dos fogos causam um prejuízo de mil milhões, seis vezes mais, segundo as contas das associações Quercus e Acréscimo.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS