Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Documentário sobre aldeia de Bragança estreia-se em Encontros de Cinema de Viana

| Norte
Porto Canal com Lusa

Viana do Castelo, 21 abr (Lusa) - O documentário "Alfaião", de André Almeida Rodrigues, sobre o quotidiano daquela aldeia do concelho de Bragança, vai ser estreado em Viana do Castelo, na 17.ª edição dos Encontros de Cinema, que vão decorrer de 02 a 07 de maio.

Em comunicado hoje divulgado, a produção adiantou que o documentário "está selecionado para os Prémios PrimeirOlhar da secção Olhares Frontais" dos Encontros de Cinema de Viana do Castelo, que acontecem no teatro municipal Sá de Miranda.

"Este curto documentário é o meu projeto final do mestrado Som e Imagem da Universidade Católica Portuguesa e foi gravado em janeiro de 2016, na aldeia de Alfaião, em Bragança", explicou o realizador e produtor, citado naquela nota.

Segundo o realizador, o documentário, com 13 minutos de duração, "é um retrato contemplativo da rotina diária de uma aldeia", que "enaltece os aspetos quotidianos e simples da vida".

"O agricultor a cavar a terra, o pastor a guiar o rebanho, o aldeão a encher alheiras", especificou o realizador, natural de Leça do Balio, no concelho de Matosinhos.

Alfaião é uma aldeia localizada perto de Bragança e de Espanha que, em 2011, era habitada por 173 pessoas.

Tem uma topografia de cariz planáltico e é atravessada pelos rios Fervença e Penacal. Por isso, tem terras muito férteis. Em relação às suas origens pouco se sabe, porque os primeiros documentos a referir Alfaião são do século XIII.

"Neste documentário, interessa-me contemplar o dia-a-dia de uma aldeia. É o quotidiano que nós, os citadinos, sonhamos ter um dia. (...) Na aldeia, temos maior qualidade de vida e os ponteiros de relógios parecem preguiçosos, porque o tempo passa devagar", reforçou.

Em 2016, André Almeida Rodrigues finalizou o mestrado em Som e Imagem na Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa.

No primeiro ano daquela especialização realizou e produziu "O Barbeiro Guitarrista", um curto documentário que ganhou o Prémio Latino de Melhor Curta-Metragem Portuguesa, no Festival Internacional de Curtas-Metragens de Faro, foi nomeado para o prémio Sophia Estudante, da Academia Portuguesa de Cinema, e selecionado para vários festivais de cinema, como o Figueira Film Art ou o espanhol Órbigo, em Léon, tendo sido exibido pelo menos 31 vezes, em 18 países, segundo o Portal do Fado.

Em 2016, André Almeida Rodrigues terminou o Master Dirección Cinematográfica no Campus Universitario Europeo (Espanha).

ABYC // MAG

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Reposta circulação em rua do centro do Porto após reparação de fuga de gás

A rua de Santa Teresa, no centro do Porto, foi pelas 15h00 reaberta à circulação, depois de ter estado “intransitável” durante cerca de uma hora para reparar uma “fuga de gás num tubo”, revelou à Lusa a PSP.

Eduardo Vítor Rodrigues diz que "falta dar o passo final" na descentralização

A Área Metropolitana do Porto e as sete Comunidades Intermunicipais do Norte decidiram juntar-se para, até ao fim de março, apresentarem ao Governo uma proposta concreta sobre descentralização, reprogramação de fundos e sobre o novo financiamento comunitário. Eduardo Vítor Rodrigues, Presidente do Conselho, diz que é preciso dar um impulso ao executivo.

Portugueses gostam de 'flirtar' no ginásio

Porto, Lisboa, Setúbal e Aveiro são as cidades onde mais se conhece pessoas no ginásio. Os dados são de um estudo que revela também que os homens gostam mais do 'flirt' do que as mulheres.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.