Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Sindicatos reúnem-se segunda-feira com Governo para discutir regularização de precários no Estado

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 21 abr (Lusa) -- A secretária de Estado da Administração e do Emprego Público, Carolina Ferra, reúne-se segunda-feira com os sindicatos da Função Pública para discutir o processo de regularização de precários no Estado.

De acordo com a convocatória enviada pela tutela aos sindicatos, a primeira estrutura a ser ouvida será a Fesap - Federação de Sindicatos da Administração Pública, seguida do STE - Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado e da Frente Comum.

Os encontros ocorrem depois de na semana passada o Governo ter enviado um projeto de portaria aos sindicatos onde esclarece que o programa de regularização de precários será alargado a todas as carreiras da Função Pública, mesmo as que têm regras próprias de vinculação, ficando de fora apenas os professores, uma vez que estes se encontram abrangidos por um concurso de vinculação extraordinária.

O Governo estima que existam mais de 100 mil precários no Estado.

Assim que a portaria entre em vigor, e no prazo de dez dias, serão constituídas as 14 comissões de avaliação bipartida (uma em cada ministério) com representantes dos ministros das Finanças e do Trabalho, outro do dirigente do serviço e ainda dos três sindicatos da função pública.

O processo de avaliação, segundo o documento, começa por iniciativa do trabalhador que terá 60 dias para enviar um requerimento à comissão de avaliação do ministério que tutela o seu serviço a pedir que o seu caso seja analisado.

Para isso, terá que preencher um requerimento onde conte o serviço onde trabalha, a data de início de funções, a sua chefia direta, as funções desempenhadas, se trabalha a tempo parcial ou completo e o tipo de contrato que detém.

ICO // ATR

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Transportes, emprego e habitação foram os principais temas no debate de Guimarães

Os candidatos à autarquia de Guimarães apresentaram propostas e debateram o atual estado do concelho. A oposição pede uma mudança de ciclo político, o Bloco de Esquerda vai mais longe e diz que os 28 anos de governação socialista trouxeram "medo" à cidade.

Impostos, obras públicas e execução orçamental foram os principais temas no debate de Vila Real

Rui Santos, António Carvalho, Joana Rapazotte, João Paulo Correia e Mário Gonçalves estiveram presentes no Porto Canal a debater essencialmente questões ligadas aos impostos, obras públicas e execução orçamental.

MAI ordena à Proteção Civil auditoria para verificar todas as licenciaturas

O secretário de Estado da Administração Interna ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil que realize uma auditoria para verificar as licenciaturas de todos os dirigentes e elementos da sua estrutura operacional, que deve estar concluída até dia 25.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...