Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Bandeira "Cidade ou Vila de Excelência" atribuída a Paredes de Coura

| Norte
Porto Canal com Lusa

Paredes de Coura, Viana do Castelo, 20 mar (Lusa) - O concelho de Paredes de Coura, no Alto Minho, vai receber, na terça-feira, a Bandeira da Rede de Cidades de Excelência, pelas práticas inovadoras nos eixos da regeneração urbana e do turismo, anunciou hoje a Câmara local.

Em comunicado, o município liderado pelo socialista Vítor Paulo Pereira, sublinhou tratar-se "do reconhecimento público do meritório trabalho que a autarquia tem vindo a desenvolver no âmbito dos trabalhos de qualificação desta bonita vila no coração do Alto Minho".

A distinção, atribuída pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), ocorrerá, na terça-feira, pelas 11:30, no salão nobre da Câmara de Paredes de Coura.

A atribuição da Bandeira "Cidades de Excelência - Nível II" àquele município prende-se com "o grau de evolução da implementação do Plano de Ação Local proposto pelo Município de Paredes de Coura aquando da adesão à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, incidindo nos eixos Cidade ou Vila de Regeneração Urbana e Cidade ou Vila Turística".

Segundo a Câmara de Paredes de Coura a elaboração, entre outros, do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), candidatado aos fundos do programa Portugal 2020, o Plano de Paisagem das Terras de Coura, os Meandros do Coura - Percurso Interpretativo do Rio, o centro de BTT do Corno de Bico e o Plano de Ação para a Mobilidade Sustentável contribuíram para a atribuição do galardão.

ABYC // MSP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Pescador de Vila do Conde morreu afogado ao largo de Aveiro

Um pescador da traineira "Sérgio Soraia", de Vila do Conde, morreu hoje afogado, quando estava a pescar ao largo de Aveiro, informou fonte da Capitania do Porto de Aveiro.

Porto afastado da "corrida" a nova sede da Agência Europeia do Medicamento

A cidade do Porto foi hoje eliminada na votação no Conselho da União Europeia para escolher a futura sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA), que vai abandonar o Reino Unido devido ao 'Brexit', revelaram fontes europeias.

Autoridade de Saúde investiga doença infeciosa que provocou a morte a aluna da Maia

A Autoridade de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Maia/Valongo está a "proceder à investigação epidemiológica" de uma doença infecciosa que provocou recentemente a morte de uma criança de sete anos, foi hoje anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS