Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Lu-Olo mantém liderança com 59,24%, quando estão contados 34,34%

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Díli, 20 mar (Lusa) - Francisco Guterres Lu-Olo, candidato apoiado pelos dois maiores partidos timorenses, Fretilin e CNRT, lidera a contagem dos votos nas eleições presidenciais timorenses com 59,24% dos votos quando estão escrutinados 34,34% dos votos, segundo dados oficiais.

Às 00:00 locais (15:00 em Lisboa), oito horas depois de as urnas terem encerrado, o Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) tinha tabulado informação de 239 dos 696 centros de votação, não estando incluída ainda informação de vários pontos do país.

Os dados incluem informação de todos os municípios que estão em diferentes estados de contagem, tendo sido contabilizados até ao momento 167.316 votos (de um universo de 743.150 eleitores) dos quais 163.755 são considerados válidos.

Para vencer à primeira volta, Lu-Olo terá que obter mais de 50% dos votos válidos.

A esta hora, Lu-Olo tinha obtido 97.012 votos (59,24%) contra os 49.232 de António da Conceição (30,06%).

Em terceiro entre os oito candidatos que se apresentaram ao voto de hoje surge José Luis Guterres com 4.924 votos (3,01%), à frente de Luis Tilman, com 3.623 votos (2,21%).

José Neves tinha contabilizados 3.518 votos (2,15%), Antonio Maher Lopes 3.094 votos (1,89%), Ângela Freitas obtinha 1.213 votos (0,74%) e, finalmente, Amorim Vieira ficava-se pelos 1.139 votos (0,70%).

A legislação timorense prevê que a contagem dos votos possa demorar até 48 horas depois do fecho das urnas, sendo que, em alguns locais, a votação se prolongou além da hora prevista devido à grande afluência.

Até ao momento não há dados globais de participação.

ASP // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Lusodescendente entre os feridos no atropelamento mortal de Toronto

Uma lusodescendente está entre os feridos no atropelamento de segunda-feira em Toronto, no Canadá, que fez 10 mortos, disse hoje à agência Lusa uma fonte próxima da família.

Sobe para dez número de mortos em Toronto, polícia fala em ato "deliberado"

Um total de dez pessoas morreram e dezena e meia ficaram feridas num atropelamento esta segunda-feira ocorrido na cidade canadiana de Toronto que as autoridades classificam como um "ato deliberado".

Nove mortos e 16 feridos é o balanço do atropelamento em Toronto

Nove pessoas morreram e 16 ficaram feridas num atropelamento hoje ocorrido em Toronto, anunciou a polícia da capital económica do Canadá, depois de deter o condutor da carrinha branca que se tinha posto em fuga.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.