Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Número de concursos e contratos públicos crescem em fevereiro para máximo de três anos

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 20 mar (Lusa) - Os anúncios em Diário da República de concursos e contratos públicos celebrados aumentaram em fevereiro em termos homólogos e mensais para 1.021, o valor mais alto desde janeiro de 2014.

Segundo a síntese mensal da contratação pública do Instituto dos Mercados Públicos do Imobiliário e da Construção (IMPIC), os 1.021 anúncios totalizam um montante de 457 milhões de euros, dos quais 211 milhões de euros dizem respeito a empreitadas de obras públicas (46%) e 246 milhões de euros a contratos de bens e serviços (54%).

Em termos homólogos, em fevereiro deste ano foram publicados em Diário da República mais 308 anúncios que em fevereiro de 2016 (mês em que foram publicados 713 anúncios).

Em termos de despesa, os anúncios de fevereiro de 2017 representam um acréscimo do custo previsto de 238 milhões de euros face a igual período do ano anterior (457 milhões de euros em fevereiro de 2017 contra 219 milhões de euros em fevereiro de 2016).

Comparando com o mês anterior, em fevereiro foram publicados mais 97 anúncios que em janeiro, o que representa um crescimento da despesa prevista de 21 milhões de euros (457 milhões de euros em fevereiro contra 436 milhões de euros em janeiro).

De acordo com os dados divulgados, dos 9.657 contratos publicados em fevereiro, totalizando os 450 milhões de euros, com o ajuste direto (84%) a representar o procedimento mais utilizado, embora, do ponto de vista da despesa, o peso dos procedimentos concursais se aproxime do dos ajustes diretos.

Comparando com o mês anterior, em fevereiro de 2017 foram publicados menos 2.633 contratos do que em janeiro de 2017 que representam, em termos de despesa, menos 70 milhões de euros.

ICO // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Organismo científico que aconselha a Comissão Europeia sobre as quotas de captura de peixe recomenda a suspensão total da sardinha por um período mínimo de 15 anos.

O Conselho Internacional para a Exploração do Mar recomenda que a Comissão Europeia suspenda a pesca de sardinha durante 15 anos devido á falta de stock. Este documento não é vinculativo, mas os pescadores já se mostraram contra esta posição. É que Portugal é um dos países onde a sardinha mais peso tem na subsistencia dos pescadores.

Portugal com terceira maior dívida pública da UE, mais do dobro do limite

A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

Mais de 7.000 notas de euro retiradas de circulação pelo Banco de Portugal no 1º. semestre

Lisboa, 21 jul (Lusa) -- Mais de 7.000 notas de euro contrafeitas foram retiradas de circulação em Portugal até junho, sendo a nota de 20 euros a mais contrafeita, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS