Jornal das 13 Jornal Diário Último Jornal

Número de concursos e contratos públicos crescem em fevereiro para máximo de três anos

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 20 mar (Lusa) - Os anúncios em Diário da República de concursos e contratos públicos celebrados aumentaram em fevereiro em termos homólogos e mensais para 1.021, o valor mais alto desde janeiro de 2014.

Segundo a síntese mensal da contratação pública do Instituto dos Mercados Públicos do Imobiliário e da Construção (IMPIC), os 1.021 anúncios totalizam um montante de 457 milhões de euros, dos quais 211 milhões de euros dizem respeito a empreitadas de obras públicas (46%) e 246 milhões de euros a contratos de bens e serviços (54%).

Em termos homólogos, em fevereiro deste ano foram publicados em Diário da República mais 308 anúncios que em fevereiro de 2016 (mês em que foram publicados 713 anúncios).

Em termos de despesa, os anúncios de fevereiro de 2017 representam um acréscimo do custo previsto de 238 milhões de euros face a igual período do ano anterior (457 milhões de euros em fevereiro de 2017 contra 219 milhões de euros em fevereiro de 2016).

Comparando com o mês anterior, em fevereiro foram publicados mais 97 anúncios que em janeiro, o que representa um crescimento da despesa prevista de 21 milhões de euros (457 milhões de euros em fevereiro contra 436 milhões de euros em janeiro).

De acordo com os dados divulgados, dos 9.657 contratos publicados em fevereiro, totalizando os 450 milhões de euros, com o ajuste direto (84%) a representar o procedimento mais utilizado, embora, do ponto de vista da despesa, o peso dos procedimentos concursais se aproxime do dos ajustes diretos.

Comparando com o mês anterior, em fevereiro de 2017 foram publicados menos 2.633 contratos do que em janeiro de 2017 que representam, em termos de despesa, menos 70 milhões de euros.

ICO // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Ryanair cancela 346 ligações de e para Portugal até final de outubro

A Ryanair vai cancelar 346 ligações (173 voos) de e para Portugal, desde a próxima quinta-feira até ao final de outubro, de acordo com a lista publicada na página da companhia aérea na Internet.

Venda de bebidas açucaradas caiu mais de 25% em apenas meio ano

Em apenas seis meses, a venda de bebidas mais açucaradas caiu mais de 25%. O Ministério da Saúde aplaude os resultados mas quer ir mais longe e vai por isso alargar a proibição destes produtos também a bares e cantinas dos hospitais.

Deco diz que os passageiros da Ryanair têm direito a indemnização até 400 euros por cancelamento

A associação Deco alerta os passageiros da Ryanair do direito a indemnizações até aos 400 euros por viagem cancelada, além do reembolso ou remarcação da viagem e refeições/alojamento, e apela à intervenção do regulador da aviação.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESCUBRA MAIS

Nota Alta

"Todos nós estamos desenhados...