Jornal Diário Jornal das 13 Último Jornal

Lu-Olo lidera com 60,03%, quando estão contados 13,07% dos votos

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Díli 20 mar (Lusa) - Francisco Guterres "Lu-Olo", candidato apoiado pelos dois maiores partidos timorenses (Fretilin e CNRT), lidera a contagem dos votos nas eleições presidenciais timorenses com 60,03% dos votos quando estão escrutinados 13,07% dos votos, segundo dados oficiais.

Quando estão concluídas as contagens em 91 dos 696 centros de votação, o segundo candidato com mais apoio é Antonio da Conceição (Partido Democrático) com 29,12% dos votos, segundo informação oficial do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE).

O processo de escrutínio está a ser bastante lento e, oficialmente, o STAE apenas tem escrutinados 56.362 votos dos quais 55.209 votos válidos num universo de 743.150 eleitores.

Às 22:30 locais Lu-Olo tinha obtido 33.144 votos contra os 16.077 de António da Conceição.

Em terceiro entre os oito candidatos que se apresentaram ao voto de hoje surge José Luis Guterres com 1.551 votos e 2,81%, à frente de Antonio Maher Lopes com 1.319 votos ou 2,39%.

José das Neves obteve 1.219 votos e 2,21%, Luis Tilman 1.085 votos e 1,97%, Amorim Vieira obteve 393 votos e 0,71% e Angela Freitas, a única mulher candidata, obteve 421 votos ou 0,76%.

As urnas encerram às 15:00 locais (06:00 em Lisboa).

ASP // PJA

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cunhado do rei de Espanha apresenta-se na prisão para cumprir pena

O cunhado do rei de Espanha, Iñaki Urdangarin, ingressou esta segunda-feira de manhã na prisão de Brieva, informou fonte dos serviços prisionais espanhóis às agências de notícias EFE e France-Presse.

Primeiros migrantes do Aquarius chegaram ao porto de Valência, em Espanha

Os primeiros migrantes socorridos pelo navio Aquarius, da organização não-governamental SOS Mediterranée, começaram este domingo a chegar ao porto de Valência, em Espanha, revelaram as agências internacionais.

Juiz liberta detidos por alegada tentativa de subversão da ordem constitucional em São Tomé

São Tomé, 22 jun (Lusa) - Os dois detidos pela alegada "tentativa de subversão da ordem constitucional" em São Tomé e Príncipe, conforme anunciado quinta-feira pelas autoridades, foram hoje libertados e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, disse à Lusa fonte judicial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.